Militar da Marinha assassinado a tiros na Zona Norte de Niterói

Latrocínio (roubo seguido de morte) é a principal linha de investigação para o assassinato, na madrugada dessa quarta-feira (05), do militar da Marinha Davidson Oliveira Silveira, de 38 anos. Ele foi morto a tiros na quando estava na Avenida do Contorno, no Barreto, Zona Norte de Niterói, e a versão de assalto é que a polícia acredita ser a mais provável.

Policiais militares do 12º BPM (Niterói) relataram que realizavam patrulhamento pelo bairro Ponto Cem Réis, quando ouviram barulho de vários disparos de arma de fogo, vindos da Avenida do Contorno, e foram verificar. Ao passarem pela altura do número 52 da Avenida do Contorno, se depararam com o militar da Marinha caído e baleado. Os PMs então acionaram uma ambulância do Corpo de Bombeiros, que ao chegarem, constataram o óbito do militar. Logo a seguir, a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) foi avisada do fato e o corpo removido.

Na manhã de ontem, representantes da Marinha estiveram na sede da DHNSG para resolver procedimentos legais, e não deram nenhuma declaração sobre o fato, mas uma fonte da especializada informou, resumidamente, que o militar estaria passando de carro (sem descrição divulgada), e que este veículo foi roubado, o que confirma versão de crime de latrocínio. Também, no período da manhã, a especializada informou que ainda não havia conseguido fazer contato com familiares de Davidson, nem adiantaram se a vítima seria morador de Niterói.

em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze + cinco =