Metro quadrado de imóveis pode passar de R$ 9 mil em Niterói

Raquel Morais –

Um relatório divulgado pelo DMI-VivaReal (Dados do Mercado Imobiliário) apontou que Charitas, Boa Viagem e Gragoatá são os bairros mais caros para compra de imóveis em Niterói. O primeiro custa R$ 9.085 o metro quadrado, seguido de R$ 8.909 e R$ 8.533, respectivamente. Já no quesito aluguel Camboinhas, na Região Oceânica, São Francisco e Icaraí lideram o ranking com o metro quadrado mais caro para locação: R$ 25,60, R$ 22,22 e R$ 21,43 respectivamente.

O levantamento apontou também as variações positivas no quesito venda de imóveis na cidade. Sapê teve a maior variação, de 1,2%, passando de R$ 2.914 o m² em setembro de 2017 para R$ 2.950 em outubro de 2017. Serra Grande, na Região Oceânica, variou 0,8% de R$ 3.636 para R$ 3.667 (comparativo dos mesmos meses); e Gragoatá a mesma variante de 0,8%, saltando de R$ 8.470 para R$ 8.533. Já os bairros que tiveram desvalorização no mesmo período foram Maria Paula (-1,1%, de R$ 3.886 para R$ 8.843), Charitas (-0,5%, de R$ 9.132 para R$ 9.085) e Boa Viagem (-0,4%, de R$ 8.949 para R$ 8.909).

Já para aluguel os bairros de Ingá, Santa Rosa e Camboinhas tiveram maior valorização do m², com 0,9%, 0,7% e 0,6%, respectivamente, subindo de R$ 20,41 para R$ 20,59 (o primeiro) e R$ 17,65 para R$ 17,78 e de R$ 25,45 para R$ 35,60 o segundo e terceiro. As três maiores quedas foram no Fonseca, Piratininga e Itaipu: -3,0%, -2,8% e -1,4%: de R$ 13,75 para R$ 13,33; R$ 17,14 para R$ 16,67 e R$ 14,65 para R$ 14,44.
Os bairros mais procurados para venda de imóveis são Icaraí, Itaipu, Santa Rosa, Centro, Fonseca, Piratininga, Camboinhas, Barreto, São Francisco e Ingá. Já quando o assunto é aluguel os 10 primeiros são Icaraí, Itaipu, Centro, Santa Rosa, Piratininga, Fonseca, Engenho do Mato, São Francisco, Camboinhas e Ingá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =