Metralhadora com brasão da PM é apreendida em São Gonçalo

Augusto Aguiar

Um menor infrator, de 16 anos, foi apreendido, e William Souza da Costa, conhecido como Teteu, de 21 anos, foi preso na manhã de sexta-feira (09), durante mais uma incursão realizada pelo 7º Batalhão, no bairro Jardim Miriambi, em São Gonçalo. Os criminosos são oriundos de comunidades do Rio e estariam reforçando o tráfico na localidade. Na mesma ação, os policiais apreenderam uma metralhadora, calibre 9 milímetros, com o brasão da PM.

O Batalhão de São Gonçalo promovia mais uma operação de repressão ao tráfico no Anaia e localidades vizinhas quando a dupla foi avistada. Os suspeitos tentaram fugir, mas foram cercados e confessaram serem oriundos de comunidades do Rio. O menor era da comunidade Jorge Turco, no bairro de Honório Gurgel, e William, da Favela da Palmeirinha, no mesmo bairro. A dupla revelou que teriam vindo para comunidade do Miriambi para reforçar o tráfico local, e levaram os policiais até a Rua Rio Araguaia, no Miriambi, onde apontaram o esconderijo.

No local foi encontrada e apreendida uma submetralhadora, modelo MT 12, calibre 9 mm, contendo o brasão da Polícia Militar, com um carregador contendo três munições intactas, além de um rádio transmissor. A ocorrência foi registrada na 74ª DP (Alcântara), onde a dupla foi autuada por porte ilegal de arma e associação para o tráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *