Mesmo sob ameaça de multa, SG continua com muito lixo

Aline Balbino

Embora o Ministério Público tenha se posicionado duramente contra o estado de abandono que se encontra São Gonçalo com relação à coleta e varrição do lixo, ainda é possível ver que a cidade está muito suja. Não é difícil encontrar amontoados de lixo, sacolas penduradas há dias nos muros das casas e muito excremento jogado pelo chão. Moradores afirmam que a coleta continua irregular, mesmo após o pronunciamento do MP, que afirmou que multaria a prefeitura caso a limpeza não fosse regularizada.

Nos bairros do Paiva, Neves, Parque Califórnia, Mutondo e Vila Lage os garis têm recolhido o lixo apenas uma vez por semana, quando o normal seria recolher às segundas, quartas e sextas-feiras. O resultado da falta de coleta é um amontoado de lixo pelas esquinas e terrenos baldios.
“Ficamos quase duas semanas sem recolherem o lixo. O cheio tava insuportável e percebemos um aumento de mosquitos, baratas e ratos. O bairro do Paiva sempre foi abandonado com relação ao lixo, mas agora está muito pior”, disse o aposentado Antônio Carlos Correia, de 57 anos.
A dona de um restaurante na Avenida Paiva explicou que a sujeira afastou um pouco os clientes.

“No dia que vieram recolher a montanha de lixo que tinha aqui subiu um cheiro tão forte que não tive cliente. Quem estava aqui comeu e foi embora e não veio mais ninguém. E olha que meu restaurante é fechado”, disse Ushana Lopes, de 31 anos.

A Prefeitura de São Gonçalo afirmou que 95% da limpeza da cidade foi regularizada e salientou que não recebeu multa do Ministério Público. A assessoria de imprensa explicou que a prefeitura está cumprindo todas as exigências da Justiça. No início de dezembro, o MP obteve decisão liminar, em ação civil pública, que determina ao município de São Gonçalo que regularizasse, os serviços de varrição, coleta e disposição do lixo.
O MP foi procurado, mas não se pronunciou até o fechamento desta edição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − cinco =