Mesmo preso, Daniel Silveira se filia ao PTB

O presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB),Roberto Jefferson, anunciou em sua rede social a filiação do deputado federal Daniel Silveira que está preso. A postagem é acompanhada de uma foto sua ao lado do deputado e dois homens armados. A filiação foi confirmada pela assessoria de imprensa do PTB.

O advogado do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), Maurizio Spinelli, contestou a afirmação feita por Roberto Jefferson. De acordo com Spinelli, uma ficha de filiação foi entregue ao deputado, porém não foi tomada qualquer decisão de entrar para o PTB. O advogado disse que estava levando a ficha para o Batalhão Especial Profissional da Polícia Militar do Rio, onde Silveira está preso, para o deputado decidir sobre o assunto.

Após a repercussão do caso, Roberto Jefferson voltou ao Twitter e confirmou a versão de que a ficha de filiação está com o advogado de Silveira. “Não há nenhuma transgressão legal. Tudo está feito com o devido respeito à lei. O deputado Daniel Silveira está agindo corretamente. Nós também estamos agindo dentro da lei”, disse.

O presidente do PTB esclareceu ainda que a foto usada na publicação em que ele anunciou a filiação do deputado não é de hoje nem do Batalhão da PM, mas de um curso de tiro realizado em agosto de 2020, em Limoeiro (PE).

A bancada do PTB na Câmara integrou o bloco de apoio à Artur Lira (PP-AL) na disputa pela presidência da Casa. Atualmente o partido tem 12 deputados federais.

“Se ele se filiou mesmo ao PTB, já perdeu o mandato. Lugar de refugo do bolsonarismo é no PTB do Roberto Jefferson. Eles falam a mesma língua”, disse o deputado Junior Bozzella (SP), vice-presidente do PSL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 17 =