Membros de organizada são alvos de operação

A Polícia Civil cumpriu na quinta-feira (05) 18 mandados de busca e apreensão contra 13 integrantes da torcida organizada Força Jovem, do Vasco. De acordo com policiais civis da Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ), membros da torcida organizada brigaram entre si na madrugada do dia 8 de outubro dentro do aeroporto Tom Jobim (Galeão), localizado na Ilha do Governador. O episódio deu início as investigações. Até as últimas informações divulgadas pela Polícia Civil, haviam sido apreendidos aparelhos de telefone celular recolhidos para análise.

De acordo com o delegado titular da DAIRJ, Adriano França, alguns dos torcedores envolvidos na confusão já têm passagens pela polícia por crimes como os de envolvimento em assassinatos de outros torcedores, crimes do Estatuto do Torcedor, porte ilegal de armas, lesões corporais e outros. Os envolvidos no confronto podem responder pelos crimes de associação criminosa armada, crimes do Estatuto do Torcedor, lesões corporais e outros. A operação de ontem tinha por objetivo colher provas da participação do grupo nos delitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − seis =