Megaoperação da Polícia Civil para desarticular narcomilícia em Maricá

Uma megaoperação da Polícia Civil e Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) aconteceu em Maricá, desde as primeiras horas da manhã de quinta-feira (11). Agentes da 82ª DP (Maricá) contaram com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Onze pessoas foram presas, sendo sete em flagrante e quatro em cumprimento de mandado. Um menor, uma arma e drogas foram apreendidos.

O objetivo da ação era desarticular o tráfico de drogas em várias regiões do município. Os agentes atuam nos Condomínios Minha Casa Minha Vida de Inoã, Minha Casa Minha Vida de Itaipuaçu, comunidade de São José do Imbassaí, Comunidade do Risca Faca em Itaipuaçu e a Comunidade Saco das Flores, no Centro de Maricá.

“Atuamos nas comunidades com maior índice de criminalidade. As unidades do Minha Casa Minha Vida de Inoã e Itaipuaçu, a favela do risca Faca e a favela da Linha e um pedaço do Saco das Flores. Nós planejamos, junto com o MP, requeremos a expedição de vários mandados de prisão e busca em locais onde estão escondidas as drogas ou os bandidos se escondem. Teve mandados em Tanguá, Itaboraí, São Gonçalo e Niterói”, explicou o delegado Júlio Cesar Mulattinho, titular da 82ª DP.

Os alvos da operação foram três quadrilhas que instituíram narcomilícias em localidades da cidade. Segundo o MPRJ, a investigação aponta que a narcomilícia é responsável por tráfico de drogas, furto de energia elétrica, sinal de TV, comércio de gás em botijão e por impedir as empresas concessionárias de serviço público de acessarem as regiões.

Ainda segundo o delegado, há participação, na atividade criminosa em Maricá, de criminosos de municípios vizinhos. De acordo com Mulattinho, as investigações duraram aproximadamente um ano e seguirão em andamento, para identificar e prender outros narcomilicianos envolvidos nas organizações.

A investigação também apurou que o grupo efetua roubos diversos na cidade de Maricá, especialmente na Rodovia RJ-106, que corta a cidade. Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram expedidos pela Vara Criminal de Maricá, atendendo à representação da 82ª DP e ao requerimento do GAECO/MPRJ.

Os policiais civis e agentes do MPRJ foram às ruas para cumprir 20 mandados de prisão; quatro de busca e apreensão contra menores de idade suspeitos de integrarem o tráfico; e outros 49 mandados de busca e apreensão. Atuaram na operação 80 policiais civis, distribuídos em 27 viaturas. O canil da Core também presta apoio. A operação foi batizada como “Rosa dos Ventos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 13 =