Mark Zuckerberg tem prejuízo de US$ 7 bilhões após queda de rede social

O CEO Mark Zuckerberg perdeu US$ 7 bilhões de sua fortuna com a queda das redes socias Instagram, Facebook e o aplicativo de mensagem instantânea, Whatsapp. Com isso, ele perdeu posição e fica abaixo de Bill Gates, no quinto lugar no índice de bilionários da Bloomberg. Segundo a agência Bloomberg, ele perdeu cerca de US$ 19 bilhões em riqueza.

A queda de valor coincide com uma série de reportagens do Wall Street Journal, que baseadas em documentos internos da empresa, revelou que o Facebook sabia sobre uma série de problemas com seus produtos. Entre eles, o fato de o Instagram causar danos à saúde mental de adolescentes, bem como propagar desinformação sobre os eventos no Capitólio, em 6 de janeiro.

Ontem, uma ex-funcionária da empresa revelou sua identidade ao programa “60 Minutes”, da emissora americana CBS News como responsável por vazar documentos que mostram que a rede social estava alimentando o ódio.

Frances Haugen, uma especialista em dados de 37 anos, disse que trabalhou para empresas como Google e Pinterest, mas garantiu que o Facebook é “substancialmente pior” do que tudo o que já viu antes.

A empresa, porém, afirmou que estes são problemas complexos e que não se restringem à tecnologia. O vice-presidente de assuntos globais do Facebook, Nick Clegg, disse à CNN que “presumir que deve haver uma explicação tecnológica ou técnica para as questões de polarização política nos Estados Unidos” dá “conforto às pessoas presumir”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =