Marília Ortiz: Sou a Zefa, como posso te ajudar?

Este ano foi editada pelo Governo Federal a Lei Federal 14.129/2021, conhecida como a Lei do Governo Digital. Essa foi uma importante iniciativa para o aumento da eficiência da Administração Pública com foco na inovação e na participação social. O normativo se soma a outras legislações que vem buscando lidar com o mundo cada vez mais digital e conectado, como a Lei de Acesso à Informação, a Lei de Proteção ao Usuário e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais.

Mas o que isso significa? A ideia por trás dessa série de leis é facilitar o acesso do cidadão ao poder público. É para garantir que você tenha menos trabalho para conseguir o que você precisa e juntar gestores e cidadãos num contexto cooperativo e de cocriação onde ganhamos todos. É para isso que serve a inovação.

Em Niterói, inovação e governo digital são prioridades na agenda da gestão municipal. A cidade tem vocação para o tema, com um polo universitário de excelência como a Universidade Federal Fluminense (UFF). A própria prefeitura busca ativamente melhoras práticas de inovação para patrocínio, como foi feito com o HackNit e o Programa de Desenvolvimento de Projetos Aplicados (PDPA) junto à UFF.

Em 2021, demos um passo adiante. Sob a liderança do prefeito Axel Grael, estamos investindo pesado na digitalização dos nossos serviços. Logo nos 100 primeiros dias de governo foi feito um esforço coletivo para a elaboração da Carta de Serviços de todos os órgãos da Prefeitura. O resultado foi o Portal de Serviços de Niterói, lançado em abril. Para o restante do ano, em consonância com o Plano de Metas de 2021, todos os órgãos têm uma meta relacionada a governo digital e inovação.

Na Fazenda, apostamos na digitalização de serviços. Com a pandemia da COVID-19, a Fazenda foi obrigada a se reinventar para continuar atendendo ao povo niteroiense. Por isso, hoje todos os serviços da secretaria podem ser acessados por e-mail, facilitando o acesso ao órgão. Com 48 serviços listados na Carta de Serviços, o órgão concentra o maior número de serviços prestados.

Para 2021, nosso objetivo foi tornar esses serviços mais modernos e inteligentes , com foco total no cidadão. Seguindo as diretrizes da Política Municipal de Atendimento ao Cidadão, digitalizamos serviços que são muito buscados pela população de Niterói, permitindo que ela os faça com total segurança por meio do Portal de Serviços, onde ela solicita, monitora e avalia o serviço prestado pela Prefeitura. No momento, alguns serviços de IPTU e solicitação de SenhaWeb para Nota Fiscal estão disponíveis nesse formato e você pode utilizá-los de forma fácil e simples sem a necessidade de mandar email, mas executando todos os passos por dentro do sistema.

A outra aposta da Fazenda foi tornar o atendimento mais prático, inovador e, por que não, humano. E é por isso que lançamos a Zefa, a assistente virtual da Secretaria de Fazenda. Trata-se de uma parceria com a iniciativa privada na qual, por meio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), recebemos uma doação para a aquisição do software. Mais do que um chatbot, Zefa foi pensada para ter conexão com o público majoritário da secretaria – os idosos. Segundo estimativas do DATASUS/IBGE, Niterói tem 22.90% de população acima de 60 anos. Por isso, Zefa é uma niteroiense que está na melhor idade. A nossa personagem é servidora pública de carreira, muito extrovertida e comunicativa. Se aventura pelo mundo da inovação e da tecnologia com muito entusiasmo. Carrega dentro dela o propósito de transformar o serviço público e a sociedade. E assim deixamos mais ‘humana’ nossa nova ferramenta de atendimento ao público.

O uso de chatbots para atendimento tem sido corrente tanto na iniciativa privada quanto no meio público. Isso não é por acaso. Chatbots facilitam o acesso a demandas do público além de possibilitarem uma economia grande de recursos, já que automatizam trabalhos e informações que muitas vezes demandariam tempo para serem acessadas. E isso tudo, é claro, de forma agradável e prática.

É para isso que a Zefa servirá, sendo mais um instrumento de acesso à Secretaria de Fazenda. Em sua primeira versão, já disponível para acesso no site da Secretaria de Fazenda, a Zefa tem informações sobre os nossos serviços e consegue auxiliar a população a acessar o que for desejado. No futuro, ela será capaz de realizar atendimento ao vivo, além de serviços pelo próprio chatbot.

Então se você tiver alguma dúvida ou precisar de uma ajudinha, chame a Zefa!


Agradeço à CDL pela parceria, à SEPLAG pela construção da agenda de Governo Digital e aos servidores da área de inovação da Secretaria de Fazenda: Natália Cardoso, Luiz Otávio Monteiro, Fabian Philippsen, Leonardo Antoniolli e Karoline Nogueira, por darem vida à Zefa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 2 =