Maricá vence Madureira por 2 a 0 no jogo de ida pela semi da Copa Rio

Com o resultado, time maricaense pode perder por um gol de diferença na partida de volta

O Maricá deu um importante passo rumo à decisão da Copa Rio 2021. O time venceu o Madureira por 2 a 0 no jogo de ida pela semifinal do torneio disputado neste sábado (16) no Estádio Alzirão, em Itaboraí. Magno e Lelê foram os autores dos gols que deixaram a equipe maricaense mais próxima da final, que já tem um adversário definido, o Pérolas Negras de Paty de Alferes.

Os mandantes iniciaram o jogo impondo mais ritmo e abriram o placar logo ao 10 minutos, quando Magno cruzou da direita e Sidney cabeceou para o chão, tirando completamente do goleiro do Tricolor Suburbano, e abriu o marcador. Com a derrota parcial, o time da Zona Norte carioca passou a sair mais para o jogo e o Maricá aproveitou os espaços para assustar. Em um desses lances, aos 27 da etapa inicial, o Maricá quase ampliou em chute de Luan Gama da entrada da área, obrigando o goleiro do Madureira, Davi Barros, a fazer uma excelente defesa.

Mas no apagar das luzes do primeiro tempo, ao 48 minutos. o time maricaense aumentou o placar. Magno cobrou escanteio da esquerda e o atacante Lelê, sozinho no meio da área, apenas teve o trabalho de escorar de cabeça para fazer 2 a 0.

No segundo tempo o que mais se viu foi um jogo de ataque contra defesa, onde o Madureira saía mais para o jogo, mas pouco conseguia agredir o Maricá, que conseguia controlar bem as investidas adversárias e quase ampliou o placar em rápida jogada de contra-ataque. O volante Dedé chutou de fora da área e obrigou o goleiro do Madureira a voar na bola, que ainda tocou na trave antes de sair pela linha de fundo.

O jogo de volta entre ambas as equipes acontece na próxima quarta-feira (20), no Estádio Aniceto Mosco, na Rua Conselheiro Galvão, em Madureira, às 15 horas. Caso consiga a classificação, o Maricá vai assegurar pela primeira vez na história uma participação em uma competição nacional, seja a Série D do Brasileirão ou a Copa do Brasil. O vencedor da Copa Rio escolhe qual competição deseja participar, deixando o outro posto para o vice.

Foto: Jhonatan Jeferson/Maricá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + dezoito =