Maricá segue vacinando segunda dose e pessoas com deficiência contra a Covid-19

O calendário de vacinação para a primeira dose de imunizante contra a Covid-19 está suspensa em Maricá, desde a última quinta-feira (15/07), devido à baixa quantidade de vacinas recebidas pela Secretaria de Saúde, fornecidas pelo Ministério da Saúde MS) e distribuídas através da Secretaria de Saúde do Estado (SES).  Sendo assim, o calendário de vacinação pode ser adiantado, interrompido ou atualizado, a qualquer tempo, na dependência do fornecimento de novas doses. 

A remessa recebida no dia 16 de julho foi insuficiente para o reinício da vacinação (790 doses) e a do dia 17 de julho (1.990 doses) permitiria avançar somente em uma idade. No entanto, a definição sobre como as vacinas serão utilizadas – como 1ª ou 2ª dose – depende de uma definição por parte do Ministério da Saúde. 

Apesar de o quantitativo recebido ser considerado insuficiente face à demanda, a cidade mantém a vacinação de D2 e utilizará as remessas recentes para ações especiais nesse sentido, como a aplicação de D1 para pessoas com deficiência, que acontecerá no próximo dia 21. 

A subsecretária explicou que a partir desta segunda-feira (19/07), a segunda dose de vacina, para as pessoas que receberam a 1ª dose em Maricá, poderá ser aplicada em dois novos polos exclusivos para a 2ª dose, além dos polos já existentes. São eles: Escola Especial Rynalda Rodrigues da Silva, Rua Vereador Luiz Antônio da Cunha, s/nº, Centro (atrás da Rodoviária) e Escola Municipal Marquês de Maricá, Rua 83, s/nº (ao lado da UPA Santa Rita). O Objetivo é direcionar a 2ª dose para esses novos polos de modo a evitar aglomeração naqueles que fazem a 1ª dose. 

“A vacinação não parou em Maricá. Temos reservadas todas as 2ªs doses recebidas, e é fundamental que todos os que tomaram a 1ª dose das vacinas CoronaVac, AstraZeneca ou Pfizer completem a sua imunização. São necessárias duas doses dessas vacinas para atingirmos a eficácia demonstrada nos estudos”, garantiu a subsecretária de Saúde de Maricá, Solange Oliveira. 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.