Marcos Sabino quer levar a cultura para todos os cantos de Niterói

Camilla Galeano

Depois de oito anos, um velho conhecido da cultura de Niterói está de volta. O cantor e compositor Marcos Sabino volta para a presidência da Fundação de Artes de Niterói (FAN), onde esteve de 2009 a 2012.

Sabino começou ainda bem jovem na cultura. Quando a FAN ainda era Instituto Niteroiense de Desenvolvimento Cultural (INDC).

“Comecei a ter proximidade com a Fundação de Arte muito jovem, quando ainda se chamava INDC, Instituto Niteroiense de Desenvolvimento Cultural. Lembro de sua sede no Centro. Mais adiante, passou a se chamar FAC, FUNIARTE, até mudar para a atual FAN”.

Ele lembra que faz parte da geração de artistas que iniciou a carreira na década de 70,80. E foi nessa época que a cultura de Niterói começou a surgir.

“Foi a primeira resistência cultural que se viu em Niterói. Nós fizemos os movimentos “Niterói vai Sumir” e “Niterói vai Assumir”, em 1979, que surgira a partir do lançamento de uma revista e acabou por se tornar o maior movimento cultural da cidade. Se hoje temos uma estrutura sólida e eficiente é graças a isso”.

Segundo Marcos, tentaram formar um movimento para indicar o presidente da FAN. Mas não deu certo. “Os movimentos quando não surgem de forma espontânea, são fadados ao fracasso. Isso é uma prerrogativa exclusiva do prefeito. A conquista da cultura foi construída ao longo de 30 anos, não se resume a uma gestão. Começou no primeiro governo do Jorge Roberto Silveira, e nesses últimos oito anos, o prefeito Rodrigo Neves fez grandes e importantes investimentos na Cultura e não será diferente com Axel Grael. Quando me convidou, ele deixou claro seu desejo de contemplar todos segmentos culturais com investimentos e realizações”.

Niterói tem dois órgãos culturais, a FAN e a secretaria de Cultura. Para Sabino, os dois têm o mesmo objetivo. “Vamos trabalhar juntos, pensar em igualdade e determinados a fazer o melhor trabalho. Eu e o secretário Leonardo Giordano já trabalhamos nesse meio e estamos alinhados para cumprir as metas que temos para a cultura da cidade. A Secretaria, desenvolve as políticas culturais e cuida do nosso patrimônio material e imaterial. A FAN faz a zeladoria e a manutenção das unidades. Tudo isso é muito importante e precisa de gente capacitada e técnica”.

Chegando na FAN, Sabino tem como prioridade reestruturar a administração que, na opinião dele, não acompanhou a evolução da cultura a cidade.

“Conforme a FAN foi evoluindo, teatros foram sendo inaugurados, bibliotecas construídas, mas nada disso teve um acompanhamento administrativo. Minha principal meta é essa reestruturação orgânica, projetos que precisam ser reeditados. A “Niterói Discos” e “Niterói Livros”, por exemplo, e dar mais incentivo a saraus por toda a cidade. Hoje a música precisa da imagem e isso envolve o audiovisual e as artes cênicas. O Conselho Municipal de Cultura é importante nesse processo. Logo apresentarei ao Prefeito Axel Grael todas essas metas para que ele as anuncie. Acho que ainda vamos demorar para voltar ao velho normal e minha preocupação são os artistas. Precisamos pensar em algo para ajudar eles”.

Sobre os projetos que deseja realizar, Marcos diz que se preocupa com os artistas da cidade nesse período incerto de pandemia. “Vamos trabalhar com responsabilidade, respeitando orçamentos, prazos e possibilidades. Quero investir nos jovens artistas, percebendo os movimentos espontâneos e manifestações culturais que vão surgindo por toda cidade, dando suporte, estrutura e investimentos. Nosso maior patrimônio são as pessoas. Somos uma cidade privilegiada”

Com o intuito de levar cultura para todos, Sabino acredita que o MAC seja um local facilitador para esse acesso. “O MAC é nosso símbolo para o mundo. Precisa ser cuidado com muita responsabilidade pela sua importância mundial. É preciso ter uma maior interatividade com os artistas da cidade, mas também com todo o planeta. Ele é um dos mais importantes museus de arte contemporânea do nosso tempo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =