Marcelo Delaroli,prefeito de Itaboraí, é o novo presidente do Conleste

Vítor d’Avila

O prefeito de Itaboraí Marcelo Delaroli foi eleito o novo presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste). O nome dele foi aprovado por unanimidade em reunião realizada na tarde de sexta-feira (26), na sede do consórcio, em Itaboraí, que contou com grande parte dos prefeitos de municípios do Conleste.

Vinícius Claussen, prefeito de Teresópolis, será o vice-presidente. Além disso, Axel Grael, de Niterói, e Rodrigo Medeiros, de Tanguá, estarão à frente da agência de desenvolvimento. Medeiros também seria candidato à presidência, no entanto, uma articulação entre os prefeitos fez com que o nome de Delaroli fosse elevado ao cargo, por unanimidade.

“Todos os prefeitos chegaram a um consenso de unidade. O prefeito Rodrigo Medeiros, que até então se colocaria [como candidato] teve uma grandeza de estar junto pelo bem da região. O consórcio tem que ter esse espírito, de unidade e ver a prioridade de todos os municípios”, disse Delaroli.

Delaroli ainda citou que a união entre os municípios será importante para o funcionamento das atividades do GasLub, novo nome do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Segundo o novo presidente do Conleste, o empreendimento deve iniciar o funcionamento em agosto.

“Provavelmente em agosto, o Gaslub vai começar a funcionar a todo vapor. A gente quer avançar nisso ainda, retomar o Comperj, uma bandeira difícil, mas que não é impossível se a gente tiver essa união. Já passei essa semana, ao Governo Federal, para que a gente possa rever esse conceito, que aí toda a região em si será contemplada”, prosseguiu.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, ressaltou a importância do Conleste. “O Conleste é uma organização muito potente que reúne 16 municípios, com mais de 3 milhões de habitantes. A gente exerce uma gravidade muito positiva no cenário da Região Metropolitana do Rio de Janeiro”, acrescentou.

Grael ainda falou sobre o desafio em coordenar os trabalhos da AdLeste, ao lado de Rodrigo Medeiros. O prefeito niteroiense pontua que o foco de sua atuação será em levar a experiência da cidade para que os municípiosdo Conleste tenham um modelo de gestão.

“Nós vamos trazer a experiência de Niterói, compartilhar com os outros municípios, absorver também toda a experiência das outras cidades que tem suas potencialidades próprias. Eu acho que o grande trabalho da AdLeste é identificar oportunidades aqui para a região, trazer isso para o Conleste, fazer com que as cidades se organizem bem para aproveitar essas oportunidades e que a gente desenvolva cada vez mais um modelo de gestão como um todo”, explicou.

Mantido na direção-geral do Conleste, João Leal também ressaltou que a unidade foi essencial para que Delaroli fosse eleito presidente do consórcio. O diretor também lembrou da necessidade de ter um representante da Região Serrana, o prefeito de Teresópolis, Vinícius Claussen, na vice-presidência.

“Finalizamos de forma equilibrada, de forma unânime, colaborativa. Prefeito Marcelo representará, a partir desse empreendimento grande que é o GasLub, maior projeto da região, com 21 milhões de metros cúbicos de gás por dia, e a vice-presidência com o prefeito Vinícius Claussen, a voz da Serra, representando a maior parte dos agricultores familiares da região”, disse.

Além dos prefeitos citados anteriormente, estiveram presentes Marina Pereira, de Guapimirim; Johny Maycon, de Nova Friburgo; Renato Cozzolino, de Magé; Ramon Gidalte, de Casimiro de Abreu; e Fabrício Campos, de Silva Jardim. Capitão Nelson, de São Gonçalo, participou por meio de videoconferência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 16 =