Maracanã abrirá temporada 2022 com grama híbrida

Com o fim do Campeonato Brasileiro, o Maracanã ficara fechado por 90 dias. A empresa que gere o estádio vai reformar o campo para a temporada de 2022. Para que as equipes não tenham mais problemas ao jogarem no estádio, o local terá grama híbrida. A grama híbrida combina grama natural com sintética e é reforçada por fibras de polietileno, que são injetadas a 18 centímetros de profundidade e dois centímetros sobre a superfície do campo. O custo da troca, que tem valor estimado em R$ 4 milhões, será pago pelo consorcio do estádio.

Mesmo com trocas e tratamentos no gramado ao longo dessa temporada, a qualidade apresentada não foi boa. Com isso foram geradas diversas reclamações, principalmente no período de Copa América, onde jogadores de diversos países estiveram no Brasil e falaram sobre a situação do Maracanã.

Entre algumas dificuldades estruturais, parte do gramado passa cinco meses por ano na sombra e a falta de sol atrapalha o crescimento da grama, o que mais atenta contra a qualidade do campo de jogo é a maratona de partidas a que ele é submetido.

As obras serão iniciadas ainda em dezembro, tendo uma previsão de conclusão de 90 dias. A expectativa é que a utilização do estádio, com essa combinação de grama natural com fibras sintéticas, seja nas finais do Campeonato Carioca.

VASCO QUER JOGAR NO MARACANÃ

O clube de São Januário, quer participar da nova gestão do estádio. O Governo do Estado do Rio vai abrir licitação para definir quem ficará com a concessão do estádio pelos próximos 20 anos.

“Já está difícil manter o campo bom com a quantidade de jogos atual. Eu não recomendo que mais um time jogue no Maracanã. Essa estrutura que vamos instalar vai suportar a carga que temos hoje. Mais jogos do que já temos será um absurdo, via prejudicar demais a qualidade do espetáculo” afirmou Severiano Braga, CEO do Maracanã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 5 =