Manifestantes bloqueiam a entrada do Comperj em protesto

Cerca de 100 pessoas fecham a entrada do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) desde a manhã desta terça-feira (17), em Itaboraí. De acordo com relatos, eles seriam profissionais que fizeram um processo seletivo e não foram convocados para trabalhar no complexo. Eles pedem a retomada das obras e a contratação de novos funcionários. Homens do 35º BPM (Itaboraí) e do Batalhão de Choque se encontram no local.

Segundo informações do comando do 35º BPM, durante toda a manhã policiais conversaram com os manifestantes mas os mesmos alegaram que não irão liberar a via. Além disso, representantes do Comperj e do Sintramon também conversaram com os manifestantes mas não chegaram a nenhum acordo.

O grupo deixou a entrada do Comperj por volta das 12 horas, por conta disso, profissionais do local conseguiram entrar ou sair.

A Petrobras já informou a retomada das obras da Unidade Processamento de Gás Natural (UPGN). O projeto, que representa a retomada de parte das obras do Comperj, será feito em parceria com uma empresa chinesa. A previsão da retomada é no início do ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 11 =