Mais um preso por furto de cabos telefônicos em Niterói

A polícia segue na cola de responsáveis por furtos de cabos de telefonia em Niterói. Mais uma prisão foi realizada, desta vez na Rua Airosa Galvão, esquina com Magnólia Brasil, no Fonseca, Zona Norte de Niterói, na madrugada de sexta-feira (26).

Uma equipe do 12º BPM (Niterói) estava em patrulhamento quando flagrou um homem tentando cortar fios de um poste. Com o suspeito, de 34 anos, foram encontrados cerca de 20 metros de cabos e uma faca.

Ele foi autuado em flagrante, pelo crime de furto, e conduzido para a 76ª DP (Niterói), que registrou o caso. O material apreendido também foi levado para a distrital.

Ocorrências constantes

Os casos de furtos de cabos são constantes na cidade. Geralmente, a maioria dos casos acontece no centro da cidade, mas também há registros da prática nas regiões Norte e Pendotiba.

Um dos efeitos mais sensíveis do crime é na qualidade do serviço de internet e telefonia, que sofre instabilidade e até mesmo interrupção até que os materiais furtados sejam repostos.

De acordo com as polícias Militar e Civil, uma das causas para o problema é a soltura rápida, após audiência de custódia, de suspeitos presos em flagrante pelo crime. O 12º BPM (Niterói) informou que realiza constantes ações de abordagem para coibir a prática.

Ainda segundo a polícia, os autores de furtos geralmente vendem os cabos para ferros velhos a fim de obter dinheiro para comprar drogas. A Polícia Civil acredita que os cabos são derretidos e encaminhados para ferros velhos de São Gonçalo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 1 =