Mais um PM morto no estado, e em São Gonçalo

Subiu para sete o número de policiais militares mortos no estado esse ano. A mais recente vítima – a segunda em pouco mais de 48 horas em São Gonçalo – foi o o soldado Patrick Batista Lopes, que foi encontrado morto dentro de um veículo, modelo Ágile, de cor preta, às margens da Rodovia RJ-106, em Rio do Ouro, na madrugada de sexta-feira. De acordo com a PM, o carro estava parado nas imediações do trevo de Várzea das Moças, sendo localizado por PMs de serviço no Batalhão Rodoviário (BPRv).

O corpo do soldado Lopes, que estava de folga, segundo a polícia, tinha um ferimento de arma de fogo. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). O policial tinha 27 anos e era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do morro do São Carlos, no Rio. Ele estava na PM desde 2014. Na tarde de terça-feira, o também soldado Marcos Vinícius Azeredo, lotado no Grupamento de Polícia Ferroviária (GPFER), foi morto a tiros após trocar tiros com traficantes, no bairro Galo Branco. Marcos estava de folga quando foi abordado na Rua Clementina Vieira, segundo informações do 5º BPM (Praça da Harmonia). O policial foi baleado e chegou a ser socorrido no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), mas não resisitiu aos ferimentos e morreu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × quatro =