Mais pediatras em Rio Bonito

O Centro de Saúde Almir Branco se tornou uma referência no atendimento clinico de pediatria em Rio Bonito. A unidade, que ficou fechada por vários anos, passou por reformas e foi reaberta pelo prefeito José Luiz Mandiocão em maio deste ano. Para melhorar e ampliar o atendimento, a secretaria de Saúde contratou novos pediatras, através do processo seletivo, que já estão atendendo na unidade. O local também oferece todas as vacinas do calendário nacional de vacinação, teste de pezinho e da orelhinha, além de sala de vacinação e sala de coleta de leite humano.

Segundo a Coordenadora de Imunização da secretaria de Saúde, Jane Lima, a maior parte da demanda de atendimento pediátrico é feita no Almir Branco. Ela explicou que a marcação das consultas são realizadas no Ambulatório Municipal Manoel Loyola Junior, na Mangueirinha, que encaminha o agendamento com o dia e horário para o Centro de Saúde Almir Branco. Em relação a vacinação, teste do pezinho e da orelhinha, o atendimento é feito diretamente no local.

“As mães ou responsáveis pela criança marcam a consulta no Loyola, onde é agendado o dia e horário do atendimento do pediatra no Almir Branco, que atendem de terça a sexta-feira”, explica Jane Lima.

Teste da Orelhinha
No Centro de Saúde Almir Branco também são realizados procedimentos fundamentais para garantir a saúde do bebê, como a triagem neonatal auditiva (teste da orelhinha). O exame é feito, geralmente, no segundo ou terceiro dia de vida do bebê e identifica problemas auditivos no recém-nascido. O exame é indolor e é feito enquanto o bebê está dormindo.

Na unidade de saúde também é feito o teste do pezinho, realizado a partir de sangue coletado do calcanhar do bebê. Ele permite identificar e impedir o desenvolvimento de doenças genéticas ou metabólicas que podem desencadear deficiência cognitiva e comprometer a qualidade de vida da criança. O Teste do Pezinho é importante uma vez que as doenças identificadas pelo exame não apresentam sintomas ao nascimento e, se não forem tratadas cedo, podem levar à deficiência intelectual e causar sérios prejuízos para a qualidade de vida da criança.

“Hoje eu trouxe a minha filha pra fazer o teste do pezinho e da orelhinha e gostei muito, principalmente do atendimento que agora consigo fazer perto de casa”, afirmou Tainá Teixeira, moradora da Bela Vista, mãe de Mariah, de 25 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *