Mais dois tripulantes de acidente aéreo são sepultados no Distrito Federal

O domingo foi de muita tristeza para as famílias do piloto e copiloto que morreram no acidente aéreo na sexta-feira (5), que vitimou a cantora Marília Mendonça. Os corpos do piloto Geraldo Medeiros, de 56 anos, e do copiloto Tarcíso Viana, de 37 anos, foram sepultados nesse domingo (7) no Distrito Federal. Além deles o tio e assessor da artista, Abicieli Silveira Dias e o produtor Henrique Ribeiro também morreram na tragédia.

O corpo de Geraldo foi enterrado no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, em Brasília, por volta das 11h30min. O piloto deixa três filhos. Já o corpo do copiloto Tarciso Pessoa Viana foi sepultado no Cemitério de Taguatinga, no Distrito Federal, às 11h. Ele deixou dois filhos e a esposa grávida de oito meses.

No sábado (6) foram sepultados os corpos do produtor, assessor e da própria cantora, O corpo do produtor-geral de Marília Mendonça, Henrique Ribeiro, de 32 anos, foi enterrado por volta das 17h25min, no Cemitério Jardim da Saudade, no bairro de Brotas, em Salvador.

Já o corpo de Marília Mendonça foi sepultado no Cemitério Parque Memorial, em uma cerimônia restrita para familiares, junto com o tio Abicieli. Antes do sepultamento o velório reuniu mais de 100 mil pessoas no ginásio Goiânia Arena, ao lado do estádio Serra Dourada.

ACIDENTE

O avião caiu na Serra da Caratinga, interior de Minas Gerais, e ficou intacto nas pedras de uma cachoeira. A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros.

O acidente aéreo está sendo investigado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão do Comando da Aeronáutica. Mas a aeronave não tinha caixa preta. A informação foi divulgada pelo Cenipa que disse que na aeronave foi encontrado um spot geolocalizador para ser confrontado com o plano de voo.Uma equipe do Rio de Janeiro periciou o local da queda. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a aeronave estava em situação regular e tinha autorização para fazer táxi aéreo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − 7 =