Mais de 700 mil veículos deverão passar pela Ponte Rio-Niterói no feriadão

Mais de 700 mil veículos deverão passar pela Ponte Rio-Niterói no feriadão

São esperados mais de 700 mil veículos para passarem pela Ponte Rio-Niterói, nos dois sentidos, nos feriados da Páscoa e de São Jorge (no próximo dia 23). Esta é a estimativa da concessionária Ecoponte, responsável pela via, para o período até dia 24, quando os motoristas retornam do feriadão. Em direção a Niterói e cidades da Região dos Lagos, a expectativa de maior fluxo é para hoje, quando cerca de 183 mil veículos passarão pela Ponte. No sentido Rio, os dias 23 e 24 deverão ser os dias mais movimentados, com cerca de 180 mil veículos em direção à capital fluminense.
Na chegada à praça do pedágio, papa-filas (arrecadadores volantes) irão agilizar a passagem de veículos nos dias e horários de maior movimento. As equipes de socorro médico e mecânico estarão reforçadas para garantir mais rapidez nos atendimentos e liberação das pistas, as equipes estão localizadas em pontos estratégicos da ponte com viaturas de inspeção, motos, guinchos e ambulâncias de resgate e de UTI.
A concessionária CCR Barcas informou que as equipes serão reforçadas e postos avançados do estaleiro serão disponibilizados nas estações para agilizar eventuais serviços de manutenção das embarcações. Além disso, caso haja necessidade, haverá viagens extras e os intervalos praticados nos horários de maior movimento serão estendidos para depois do rush. Nos dia 19, 20 e 21 e no dia 23, as barcas sairão em intervalos de meia hora. As linhas de Charitas e Cocotá não funcionarão.
Na segunda-feira, no trajeto Praça Arariboia-Praça XV, as duas primeiras travessias estão programadas para as 5h30 e 6h. Após essas viagens, as saídas vão ocorrer a cada 20 minutos, até as 10h. No rush da tarde, entre 16h30 e 20h30, será aplicado o mesmo sistema de intervalos de 20 minutos no itinerário Praça XV-Praça Arariboia. Já a linha Charitas-Praça XV terá saídas a cada 30 minutos e até o meio dia. Depois, vai funcionar das 16h às 21h.
Já no Terminal Rodoviário Roberto Silveira, em Niterói, deverão passar 21.700 passageiros, entre esta quinta-feira e o próximo dia 24. Esta é a previsão da concessionária Rodoviária do Rio. Serão disponibilizados 170 ônibus extras, entre os 1.750. O maior fluxo será amanhã, com a saída de 3.800 pessoas. Os destinos mais procurados são as cidades das regiões Serrana e dos Lagos, além da Costa Verde (Angra dos Reis, Paraty e Mangaratiba) muitas cidades mineiras, como Juiz de Fora, Belo Horizonte e Governador Valadares, além de Aparecida (SP). Para Niterói é esperado, no domingo, a chegada de 2.800 passageiros, e na terça-feira, no retorno do feriadão, 2.200, como maior fluxo. No dia seguinte, 1.450.
A Polícia Rodoviária Federal inicia hoje, nas rodovias federais do estado, a Operação Semana Santa. O objetivo é reforçar o policiamento nos dias e horários com maior volume de acidentes e de criminalidade. A operação segue até a meia noite de domingo. As equipes operacionais farão rondas para coibir a prática de infrações e reduzir o número de acidentes. Serão utilizadas viaturas, motocicletas, um helicóptero, com etilômetros e radares portáteis.
A embriaguez ao volante é uma das principais preocupações. A utilização do cinto de segurança e o dispositivo de retenção para crianças também estarão no foco dos policiais. A fiscalização ainda estará voltada para coibir o excesso de velocidade, as ultrapassagens proibidas e com atenção especial às motocicletas, além de outras condutas perigosas.
No Rio de Janeiro, as principais rodovias federais que receberão reforço serão a Niterói-Manilha (BR-101), Rio-Santos (BR-101), Presidente Dutra (BR-116), Washington Luiz (BR-040), Rio-Teresópolis (BR-116) e Ponte Rio-Niterói (BR-101). Outros trechos, como Norte Fluminense e Centro-Sul, também terão atenção especial com atividades de fiscalização de trânsito e policiamento.
Em casos de emergências nas rodovias federais, a PRF deve ser acionada através do telefone 191.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *