Mais de 40 cidades em São Paulo cancelaram carnaval em 2022

Devido a pandemia do coronavírus, 43 cidades do estado de São Paulo decidiram cancelar o carnaval em 2022. As prefeituras temem que a folia possa gerar uma nova onda de contaminação do coronavírus e volte a elevar o número de casos e óbitos. Outra justificativa citada é a situação econômica de alguns municípios, que alegam não ter verba para a festa. Será o segundo ano consecutivo que o evento não ocorrerá nesses municípios.

Embora as taxas de ocupação estejam baixas e os índices da doença registrem melhoras no comparativo com os piores meses da pandemia, na avaliação de alguns gestores municipais, o momento é de cautela.

A média móvel diária de mortes registrada ontem (23) é de 72 no estado de São Paulo. O valor é 15% maior do que o registrado há 14 dias, o que para especialistas indica tendência de estabilidade. Já a média diária de casos é de 1.400, valor 33% maior do que o de 14 dias, o que aponta tendência de alta.

Segundo a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Regional de São Paulo, as cidades têm autonomia para decidir sobre a realização do evento e não precisam informar a gestão estadual.

Veja a lista das cidades paulistas que já decidiram cancelar o carnaval: Barrinha, Borborema, Botucatu, Cabreúva, Campo Limpo Paulista, Cunha, Dobrada, Dumont, Franca, Guariba, Guatapará, Ibitinga, Itápolis, Itatiba, Itupeva, Jaboticabal, Jarinu, Jundiaí, Lins, Marília, Mogi das Cruzes, Mogi das Cruzes, Monte Alto, Monteiro Lobato, Natividade da Serra, Paraibuna, Pitangueiras, Poá, Potirendaba, Pradópolis, Roseira, Salesópolis, Santa Ernestina, Santa Isabel, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São Simão, Sorocaba, Suzano, Taquaritinga, Taubaté, Ubatuba, Várzea Paulista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 9 =