Mais de 30 mil cães e gatos são imunizados contra raiva em Itaboraí

A Secretaria de Saúde de Itaboraí realizou no último dia 30 a Campanha Antirrábica Animal 2017, destinada a cães e gatos do município. Ao todo, 33.593 animais foram vacinados, sendo 29.489 mil cães e 4.104 gatos. As doses, distribuídas gratuitamente foram oferecidas em 57 pontos de vacinação, entre escolas, postos de saúde e associações, nos oito distritos da cidade. Com o tema “Se liga, bicho! Raiva é caso sério”, a campanha ultrapassou a meta de 80% do quantitativo de animais estimados no município (31 mil), chegando a 108,36%.

Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde, Renato Botticini, com bases nas últimas campanhas de vacinação antirrábica, a Secretaria Estadual de Saúde liberou para o município de Itaboraí 31 mil doses. Porém uma semana antes da campanha, o município recebeu uma doação de quatro mil doses, provenientes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura do Rio de Janeiro.

“A vacinação teve um saldo muito positivo, visto que a última campanha antirrábica no município foi realizada em 2014. O mais importante é não deixar a população desassistida e para o próximo ano vamos nos basear em uma meta de 35 mil doses. Vale ressaltar que não tivemos nenhum acidente, apenas quatro decorrências com animas, que foram assistidas sem nenhum problema mais sério. Para o próximo ano vamos avaliar se faremos a vacinação por distrito ou nesta mesma linha deste ano”, destacou Botticini.

Para o agente comunitário de Saúde José Ricardo Mousinho, responsável pela vacinação de cães e gatos na Unidade de Saúde da Família de Itambi, a vacinação é de suma importância para prevenir a doença entre os animais. “Faz tempo que não acontece campanhas de vacinação no município. É necessário lembrar que muitas pessoas não têm condições financeiras de pagar pela vacina. Com isso, essa campanha ampara essa população menos favorecida”, destacou José.

O aposentado Paulo Massini, morador de Itambi levou seu cachorro Thor para ser vacinado e ficou satisfeito em poder fazer parte desta prevenção. “Acho ótimo disponibilizarem essa vacinação, inclusive a animais que vivem nas ruas e precisam ser vacinados. Sendo gratuito fica muito melhor. Vi muitas pessoas trazendo seus animais para vacinar e isso é muito bom”, afirmou Paulo.

Saiba mais
A raiva é uma doença infecciosa causada por um vírus que atinge cães, gatos e também o homem. Os sintomas da doença são: mal-estar, pequeno aumento de temperatura, anorexia, cefaleia, náuseas, dor de garganta, entorpecimento, irritabilidade, inquietude e sensação de angústia.
Nos cães e gatos, a eliminação de vírus pela saliva ocorre de 2 a 5 dias antes do aparecimento dos sinais clínicos, persistindo durante toda a evolução da doença.

A morte do animal acontece, em média, entre 5 a 7 dias após a apresentação dos sintomas. A transmissão da raiva se dá pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura, arranhadura e lambedura de mucosas.

Tanto no homem como nos animais, quando os sintomas da moléstia se manifestam, já não há mais cura possível. A melhor forma de prevenção é vacinar anualmente cães e gatos, não se aproximar de animais de rua, não mexer ou tocá-los quando estiverem se alimentando ou dormindo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =