Luxemburgo defende Talles Magno como titular

O Vasco acumulou seu terceiro tropeço seguido dentro de São Januário no Campeonato Brasileiro com a derrota para o Santos, no fim de semana. Com o resultado, os cruz-maltinos perderam a chance de se afastar mais da zona de rebaixamento.

O técnico Vanderlei Luxemburgo foi criticado por ter escalado o jovem Talles Magno centralizado no ataque, ao lado de Marrony e Rossi. O comandante rebateu os comentários e defendeu seu pensamento.

“Não sou Santos Dummont para inventar. Fiz aquilo que vinha fazendo. Simplesmente botei o Talles como atacante e o Marrony por trás, como já tinha feito contra o Atlético-MG. Sabe onde o Talles joga na Seleção? De centroavante, então não é invenção”, iniciou o treinador.

“O Ribamar no jogo passado se mostrou cansado já no primeiro tempo, porque ele vinha treinando separadamente. Ele tem uma queda física e preciso deixar uma equipe fresca em campo. Quando senti que o Evandro caiu pelo lado, trouxe o Marcos Júnior para o meio e abri o Talles”, completou.

Luxemburgo ainda afirmou que o Vasco segue em crescimento, mas admitiu que a equipe tem falhado em alguns aspectos.

“A equipe está produzindo. Temos que melhorar em algumas coisas, como na finalização, a bola não entra. Situações claras. É um processo de crescimento. Não minto, o torcedor tem que entender. Estamos num processo de reconstrução de uma equipe. De uma equipe não, de um clube. Sabemos das nossas limitações do que podemos e do grupo que nós temos”, finalizou.

O Vasco volta a campo nesta quarta-feira, quando terá pela frente o Avaí, em Florianópolis. Para esta partida, o Cruz-Maltino não poderá contar com o zagueiro Leandro Castán e o atacante Marrony, suspensos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *