Luiz Antonio Mello: Uma tarde especial no Campo de São Bento

Segunda-feira, 22 de novembro, dia do aniversário de Niterói.

A festa começou às 3 da tarde no Centro Cultural Paschoal Carlos Magno e emendou com a inauguração de duas estátuas do ator Paulo Gustavo.

No Paschoal foi lançado o livro “Campo de São Bento – Trajetórias e memórias do Parque Prefeito Ferraz”, editado pela Niterói Livros da Fundação de Arte de Niterói, a FAN, com o apoio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, a Seconser.

Gente pra caramba, ambiente alegre, festivo. O prefeito Axel Grael falou da importância do Campo de São Bento, do Livro, da Cultura e encerrou com um “Viva Niterói!”, o grito de orgulho da cidade.

Marcos Sabino, presidente da FAN, disse que este livro é um primeiro de uma série sobre a cidade e seus personagens, hábitos, costumes. Já Chris Fuscaldo, diretora da Niterói Livros, anunciou que em breve todos os títulos já lançados vão estar na internet, de graça, para todo mundo ler.

Ao longo de generosas 145 páginas,o livro traz a história completa do Campo de São Bento, fotos, relatos, depoimentos, verdadeiras cartas de amor ao parque que mora nos corações e mentes de todos os niteroienses.

Muita gente do mundo cultural estava lá.Ivan Macedo Viana, Chico Aguiar, Adriana Ninsk, Ana Cláudia Guimarães, Leonardo Rivera, Aparecida Rollemberg, Mário Sousa, Maurício Vasquez e muito mais.

Na sequência, inauguração das duas estátuas do ator Paulo Gustavo que morreu em maio, vítima da Covid 19. Estava com 43 anos, no auge da vida. As obras foram feitas porJoGrassini.

Como muitas rádios estavam anunciando desde de manhã, uma multidão se formou em torno das estátuas. A mãe de Paulo,Déa Lúcia Amaral, eternizada como Dona Hermínia, muito emocionada agradeceu a homenagem e a presença do público. Também presentes o pai, Júlio Marcos e o companheiro do ator, Thales Bretas.

A reação emocionada mostrou que muitos fãs ainda não digeriram a perda de Paulo Gustavo, temperamento vibrante, totalmente solar, que se definia como “220 volts” por causa da sua energia, sua urgência existencial. Em todos os filmes e peças Paulo Gustavo homenageou Niterói, cidade onde nasceu e viveu até partir para o mundo que o consagrou.

Viva Paulo Gustavo!

Rock e Cinema no lago do Campo

Por falar em Campo de São Bento, vale à pena estar lá neste domingo, dia 28, as 5 da tarde.O“Natal no Campo” realiza um show inédito, inusitado,de dois músicos brilhantes dentro do lago.

O duo Adriana Ninsk e Pedro Braga vai apresentar“O Rock no Cinema”,mostrar ao público o papel fundamental da música no cinema; canções que eternizaram cenas históricas na telona.

Adriana Ninsk, conhecida nacionalmente como “grande diva do blues” é uma das maiores cantoras do país que interpreta vários estilos, com ênfase no blues e country.

Pedro Braga vai estar na guitarra. Ele é um multinstrumentista altamente conceituado no Brasil e no exterior. É também compositor, arranjador e produtor. Ele vai tocar com seus dois filhos guitarristas, Henrique Chaffin e João Pedro Bastos, além do baterista Flávio Santos.

Cidades do estado do Rio são as que mais desmatam

Vergonha, esculacho.

Dos 3.429 municípios que compõem a Mata Atlântica,o estado do Rio lidera o vergonhoso ranking nacional dodesmatamento. Cidades que maisdetonaram o verde entre 2019 e 2020: Valença (37 hectares), Casimiro de Abreu (10 hectares), Araruama (8), Campos dos Goytacazes (7), São Pedro da Aldeia (6), Cabo Frio (5), Silva Jardim (4), Teresópolis (4), Rio Bonito (4) e Cardoso Moreira (4).

As informações são do Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, estudo realizado pela Fundação SOS Mata Atlântica com a cooperação do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Outro absurdo. Bonito (MS), município famoso justamente pelo ecoturismo, foi o campeão brasileiro de desmatamento no período analisado. Foram 416 hectares.

Esses municípios deveriam ser severamente punidos com multas ou cortes de incentivos fiscais. Cretinos só sentem quando dói no bolso.

Em compensação o programa Refloresta Rio, da prefeitura carioca, está comemorando 35 anos com mais de 10 milhões de árvores plantadas, numa área de 3.460 hectares. Para se ter uma ideia, a Floresta da Tijuca tem cerca de 3.900 hectares.

Foram plantadas 273 espécies, sendo 63 sob ameaça de extinção.

O maior obstáculo para o programa é a expansão das milícias, que invadem áreas verdes, traficam terrenos, constroem prédios ilegais.

A hora do turismo no RJ

O verão deve bater recorde de turistas no estado do Rio. Com o dólar e os combustíveis nas nuvens, a opção da maioria é viajar para cidades próximas. O setor voltou a gerar empregos.

Segundo as empresas, vão ganhar a preferência dos visitantes localidades seguras, com natureza preservada (sim, o meio ambiente virou destaque também no turismo), bons preços e agenda cultural variada.

Cresce também a venda de passagens de ônibus para o turismo regional. Várias empresas estão comprando novos veículos para atenderem a demanda. O grupo JCA, que reúne a 1001, Cometa, Catarinense, Expresso Sul e Rápido Ribeirão, comprou 271 novos ônibus que serão entregues até o fim deste ano. Com isso, o grupo passará a ter 2 mil.

P.S.

“Democracia é a forma de governo em que o povo imagina estar no poder.” – Carlos Drummond de Andrade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.