Lojas são arrombadas no Centro de Niterói

Pelo menos quatro arrombamentos aconteceram no Centro de Niterói nas últimas horas. Somente na Rua Marechal Deodoro, uma loja de festas, uma pensão e um outro estabelecimento foram atacados. Segundo vítimas, foram levados refrigerantes, doces, ventiladores e outros itens. Os lugares não possuem câmeras próximas, segundo populares, o que dificulta a identificação de suspeitos. Na Rua Professor Heitor Carrilho, uma banca de lanches foi atacada pela terceira vez, de acordo com populares. Os comerciantes agora lamentam os prejuízos sofridos por conta da violência.

“Empurraram a porta. Já é a terceira vez. Usaram um pé de cabra pelo que parece. Foi durante a madrugada de hoje na hora que choveu muito, disseram. Não levaram nenhuma mercadoria, pegaram foi a televisão e o microondas. Antes tinham arrombado em março e um pouco depois. Não adianta nada denunciar. Não vão recuperar as coisas. Vou colocar um alarme aqui hoje mesmo”, desabafou Norma Da Silva, 56 anos, moradora de Maria Paula, em Niterói, que há nove anos trabalha como comerciante na Rua Professor Heitor Carrilho.

Foto: Karoline Martins

Já o dono da pensão localizada na Rua Marechal Deodoro registrou a ocorrência do crime na Polícia Civil assim que foi possível, ainda pela manhã. Com receio de sofrer retaliações de criminosos ele preferiu não se identificar.

“Levaram dois ventiladores e cerca de R$ 500 em refrigerantes. Foi ainda agora. Nós temos a pensão aqui há três anos.É a primeira vez que passamos por isso. Com a minha foram três lojas arrombadas aqui na rua nessa madrugada”, disse o comerciante, que mora na cidade vizinha, São Gonçalo.

A nossa equipe de reportagem entrou em contato com a Polícia Militar que respondeu através de nota. Segue o pronunciamento na íntegra.

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que o 12ºBPM (Niterói) emprega o policiamento com base na análise das manchas criminais e através de informações processadas pelo Setor de Inteligência da unidade. As rondas em viaturas e grupamentos de motocicletas são feitas diuturnamente na cidade de Niterói, além de ações de abordagens e revistas, sempre com o objetivo de coibir quaisquer ações criminosas. O combate aos delitos envolvendo dano é feito por meio de patrulhamento ostensivo de rotina ou quando da atuação diante de situações de flagrante. Na madrugada de quinta-feira (19/11), um suspeito foi abordado no Centro de Niterói e conduzido para a delegacia da área. 

É importante que, ao presenciar um delito, o cidadão colabore com o acionamento via Central 190 do respectivo batalhão da área para que as ações imediatas cabíveis à Polícia Militar possam ser tomadas.

Segundo dados compilados e divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP), houve redução de 30,1% nos crimes de roubo a estabelecimento comercial na área de policiamento do 12ºBPM quando comparados os períodos de janeiro até setembro de 2020 e janeiro até setembro de 2019. O índice total de furtos registrou queda de 26,3% no mesmo comparativo temporal anteriormente citado”.

Já o Programa Niterói Presente informou que um homem, de 33 anos, foi detido manhã de hoje na Rua Cadete Xavier, no Centro por volta das 8h 50 e levado para a 76a DP (Centro). A ação, de acordo com agentes do programa, aconteceu após denúncias sobre criminosos furtarem uma loja da Rua Marechal Deodoro. Ainda de acordo com os policiais, o homem já havia sido preso 12 dias antes por furto a pedestres no Centro de Niterói. Segundo as informações, o acusado tem três passagens pelo crime de roubo e duas pelo crime de furto. Os agentes informaram ainda que foi solicitado pela Polícia Civil ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) as imagens de câmeras da área, porém nas imagens obtidas não pode ser confirmada a autoria do furto e o suspeito foi liberado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dez =