Limitação de bicicletas em catamarãs preocupa ciclistas

Raquel Morais –

Quem está acostumado a usar o serviço aquaviário para atravessar de Niterói para o Rio com bicicleta tem tido problemas. Em novembro do ano passado, a CCR Barcas teria limitado o acesso ao catamarã para apenas 45 bicicletas por viagem, entre 16h e 20h. Passados esses meses, no último final de semana, a orientação dos funcionários da CCR era para transportar apenas 25 bikes por catamarã, o que preocupou ciclistas. A medida é algo comum, já que aumentou em 166% o número de bikes transportadas no comparativo de 2012 com 2018. Segundo dados da própria concessionária, em 2012 a média de bicicletas transportadas por dia na linha Arariboia era de 120, entre 7h e 12h. Hoje são 320.

O caso aconteceu no último domingo (25), na viagem de 6h30min, quando pessoas que queriam atravessar com suas bicicletas foram impedidas. “Isso é um absurdo ter que esperar uma hora para a próxima viagem. Isso atrasa os compromissos”, lamentou um ciclista.

O niteroiense Paulo Márcio, de 47 anos, mora em Pendotiba e trabalha no Centro do Rio todos os dias. “Eu sempre fiz a travessia com minha bicicleta e nunca tive problema. Mas saber disso é um retrocesso. Acho que hoje em dia a bicicleta já está inserida no dia a dia das pessoas. Muita gente que trabalha no rio faz essa travessia com sua bicicleta e esperar viagens é um absurdo”, comentou.

No início desse mês, a Secretaria de Estado de Transportes (Setrans) informou que a CCR Barcas iniciou a implementação de novos bicicletários nas embarcações do tipo HC 18 (Gávea, Neves, Urca e Ingá), com capacidade para até 45 bicicletas por viagem nos horários de maior movimento. A primeira barca a receber este modelo foi a Ingá, no dia 5 de março, e quatro dias depois foi a vez do catamarã Gávea receber o equipamento, que fica instalado na proa voltada para a área de embarque, no lado de fora.

Questionada sobre a redução, a concessionária explicou que, de acordo com os registros do Centro de Controle Operacional (CCO), no domingo cinco ciclistas não embarcaram na viagem das 6h30min, no sentido Praça Arariboia-Praça XV, porque aguardavam um grupo de ciclistas que ainda não havia chegado ao terminal. O número de bicicletas transportadas às 6h30min no domingo, foi 25, na viagem de 7h30min foram 23 e na viagem de 8h30min, 24 bicicletas. De acordo com a logística estabelecida, os ciclistas devem ser os últimos a embarcar e a desembarcar, sendo que o armazenamento de bicicletas nos catamarãs ocorre de maneira que não interfira na segurança da navegação e dos passageiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *