Leilão milionário das joias Sérgio Cabral marcado para ocorrer nessa quarta-feira

Um leilão milionário de joias, que pertenciam ao ex-governador do Rio Sérgio Cabral foi marcado para esta quarta-feira (29). Estarão à venda 20 lotes, avaliados em pelo menos R$ 3 milhões, que são 15 diamantes e cinco lingotes de ouro 24 quilates, considerado o mais puro existente. Até agora, as penas de Cabral, que está preso, somam 282 anos, 5 meses e 3 dias.

Os lances iniciais vão variar de R$ 52,6 mil a R$ 246,5 mil, respectivamente, para um diamante com 2,05 quilates e outra com 4,06 quilates. O pregão foi autorizado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senad/MJSP) e será conduzido on line pela De Paula Leilões.

Em caso de haver compradores, 40% do valor arrecadado vai ser destinado a estruturação e para equipar forças policiais que apreenderam as joias, sendo que restante será para o Fundo Nacional Antidrogas (Funad), que dispõe hoje de R$ 92 milhões para financiar, entre outros, projetos e ações de prevenção e de combate ao tráfico.

Caso as peças não sejam arrematadas, um novo leilão será marcado para o dia 20 de agosto. Na segunda-feira (27), a justiça atendeu ao pedido do procurador-geral da República, Augusto Aras, e o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, ordenou o arquivamento de três inquérito abertos com base no acorde delação premiada de Cabral para a Polícia Federal. Os inquéritos tramitam em sigilo no STF. O ministro Edson Fachin tinha autorizado a abertura de 12 inquéritos em março e repassado as investigações para que Toffoli indicasse um novo relator.

Preso por corrupção desde o final de 2016, o ex-governador Cabral é réu em 31 ações penais e já foi condenado em 13 processos, sendo o último em janeiro deste ano, na Operação Fatura Exposta, que apurou o pagamento de propina na área da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × um =