Filha biológica de Flordelis admite ter oferecido dinheiro para a irmã matar o pastor Anderson do Carmo

A filha biológica da deputada federal e cantora gospel Flordelis – Simone dos Santos – admitiu durante audiência de interrogatório, que está sendo realizada hoje, no Fórum de Niterói, ter dado dinheiro para sua irmã, Marzy Teixeira (filha adotiva), para matar o pastor Anderson o Carmo. Ela alegou ter feito o pedido e que não estaria mais aguentando as investidas sexuais por parte do pastor.

As audiências foram retomadas após recesso do Judiciário, e pelo menos dez acusados de envolvimento na morte de Anderson do Carmo devem ser interrogados. Flordelis é acusada de ser mandante do crime. Flordelis já havia sido interrogada no processo, na última audiência, realizada no dia 18 de dezembro do ano passado.

Ela admitiu na ocasião que sabia da existência de um plano dentro de sua casa para matar Anderson, que foi assassinado a tiros no dia 16 junho de 2019, na residência do casal, em Pendotiba. Flordelis afirmou ainda que um de seus filhos adotivos, Lucas dos Santos, teria mostrado uma mensagem que teria recebido com um pedido para que ele matasse o pastor. Na audiência, Flordelis, que negou envolvimento no plano e assassinato de Anderson do Carmo, disse que a mensagem havia sido enviada por Marzy.

Estariam previstos ainda para hoje os depoimentos de Simone, Rayane, Adriano, André, Carlos e Marcos. Rayane é neta e o Marcos é o PM envolvido na fraude relacionada a carta que o filho adotivo Lucas recebeu na prisão. Ainda há previsão de interrogatório de pelo menos mais sete réus. Em seu depoimento à Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), que investiga a morte do pastor, Marzy admitiu ter enviado a mensagem para Lucas e disse que Flordelis tinha conhecimento de seu plano. Lucas negou que tivesse aceitado a proposta de Marzy. Lucas está preso acusado de adquirir a arma usada no crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − catorze =