Justiça recusa pedido de revogação da prisão do filho da deputada Flordelis

A estratégia dos advogados que defendem Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico da deputada federal e cantora gospel Flordelis (PSD), não obteve êxito, pelo menos junto a 3ª Vara Criminal de Niterói, que indeferiu o pedido de revogação da prisão, além de também recusar o pedido de anulação dos depoimentos prestados por Flávio anteriormente, para a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG).
Junto com o filho adotivo, Lucas dos Santos, Flávio é um dos principais apontados por envolvimento no assassinato do pastor Anderson do Carmo, no dia 16 de junho, crime ocorrido na residência da vítima, no bairro de Pendotiba. Ambos foram presos, e em depoimento teriam admitido o envolvimento no homicídio. O primeiro afirmou que adquiriu a arma usada por Flávio na madrugada do crime, sendo apontado assim como executor.

Porém, a defesa de Flávio alegava no pedido de anulação dos depoimentos de Flávio na delegacia, que ele teria sido pressionado.
Flávio foi preso ainda durante o enterro do padrasto e levado para a DHNSG. Na ocasião ele possuía um Mandado de Prisão em aberto por crime de violência doméstica. Enquanto Lucas foi preso no momento em que prestava seu depoimento na sede da especializada. Contra ele, havia um Mandado de Apreensão por tráfico de drogas, quando ele ainda era menor. Flávio e Lucas permanecem presos, agora em locais separados (por determinação da Justiça), no Complexo Penitenciário de Gericinó.

Informações fornecidas pela DHNSG continuam muito escassas, sobretudo após uma reconstituição, realizada na madrugada do dia 22 passado, com a presença de Flordelis, em Pendotiba. Na ocasião, a titular da DHNSG, delegada Bárbara Lomba, limitou-se a afirmar: “Houve algumas contradições que continuam nos indicando o caminho que havíamos conseguido nas investigações. A reconstituição ajudou porque na hora de reproduzir as pessoas as vezes não sustentam o que foi falado em outro ambiente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *