Júri popular de Flordelis é mantido

A ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza sofreu uma nova derrota na Justiça. O desembargador Marcus Basílio, segundo vice-presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) negou mais um recurso impetrado pela defesa da parlamentar.

Dessa forma, a sentença que determinou a ida de Flordelis e outros réus pela morte do pastor Anderson do Carmo a júri popular está mantida. No entanto, até o momento, a data do julgamento ainda não foi marcada. Flordelis aguarda a definição na prisão, onde está desde agosto do ano passado.

“Seria necessário o reexame dos fatos e provas produzidos no processo, o que não é permitido às instâncias superiores, que atuam apreciando apenas questões de direito infraconstitucional e/ou constitucional”, afirmou o magistrado, em sua decisão.

Dessa forma, o julgamento de Flordelis e outros envolvidos está cada vez mais próximo. De acordo com despacho assinado pela juíza Nearis Dos Santos Carvalho Arce, titular da 3ª Vara Criminal de Niterói, a data do júri popular deverá ser definida assim que instâncias superiores analisarem os últimos recursos ainda pendentes.

“Este Juízo a quo solicita, desde já, que, após a remessa dos recursos especiais e extraordinários aos Tribunais Superiores, seja o processo remetido a este Juízo para prosseguimento, com a designação das sessões de julgamento dos pronunciados, considerando em especial os pedidos de desmembramento formulado por algumas defesas”, afirma o despacho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.