Guardador que alega inocência continua preso

Karoline Martins

Aconteceu na quinta-feira (12) a audiência do guardador de carros Laudei Oliveira da Silva, de 41 anos. O acusado chegou às 11h no Fórum de Niterói. Familiares alegam a inocência do guardador e afirmam que ele foi reconhecido por roubo, de forma equivocada, por uma foto de quando o mesmo tinha 27 anos. Laudei está preso há pouco mais de quatro meses no Presídio Evaristo Moraes, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, acusado do crime que, de acordo com parentes, ele não cometeu. O Ministério Público apresentou as suas alegações finais de forma oral e a defesa requeriu as imagens do local do fato à prefeitura para, somente após isso, apresentar as suas alegações finais por memoriais (em papel).

Muito conhecido no entorno do Plaza Shopping, no Centro de Niterói, onde trabalhava há mais de 20 anos, Laudei foi acusado de participar de um roubo de veículo, no dia 4 de fevereiro deste ano, no bairro São Domingos. O réu também é acusado do mesmo delito na circunscrição da 78ª DP (Fonseca) também neste ano. Segundo familiares, a vítima do roubo ocorrido em São Domingos alegou na delegacia que foi abordada por dois homens e um deles foi descrito como magro, alto, pardo, sem barba e teria entre 20 e 30 anos. Laudei teria sido reconhecido por uma foto de 14 anos atrás, quando ele foi detido por estar com um cigarro de maconha. De acordo com sua esposa, Renata, apesar dele ter cumprido a pena de dois meses, a imagem não foi retirada do banco de dados da Polícia Civil. A polícia afirma que Laudinei estava com uma carga de maconha e alegou problemas psicológicos e a pena foi anulada.

Outro relato das vítimas que não procede, segundo a esposa do acusado, é o de que seu marido estaria conduzindo o veículo no momento deste roubo, já que Laudei não sabe dirigir. Além disso, Renata afirmou que a descrição física não bate com a aparência atual de Laudei, que está acima do peso, com barba e é baixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =