Jardim Catarina amanhece calmo após final de semana marcado por tiros

O último fim de semana foi marcado por vários confrontos, que espalharam pânico entre os moradores de um dos bairros mais populosos de São Gonçalo, o Jardim Catarina. Pelo menos quatro pessoas foram baleadas, entre elas uma criança de 11 anos, na noite de sábado. Nesse último caso a polícia investiga as circunstâncias que a menina foi atingida de raspão na altura do pescoço. A vítima foi socorrida e internada no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê.

A polícia apurou que a criança estaria na Rua Cariranha, quando criminosos teriam efetuado vários disparos. Até o fim da manhã não haviam informações se estaria ocorrendo uma operação policial na região, ou se a vítima teria sido ferida num confronto entre criminosos. A vítima permaneceu internada em observação e seu estado é estável, de acordo com a direção da unidade, felizmente sem maior gravidade. O caso foi registrado na 74ª DP (Alcântara). No domingo, policiais do 7º BPM foram atacados a tiros por bandidos, que efetuaram disparos contra uma viatura que realizava patrulhamento pela Rua Souza Lopes. Durante uma operação realizada no bairro, outras duas pessoas foram feridas. Ainda sob clima de tensão, na tarde de domingo durante confronto entre PMs e traficantes, um homem (não identificado) foi baleado. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada no Heat. Com ele foi apreendida uma pistola, calibre 45. Outro acusado foi preso quando estava num carro com placa “clonada”.

Ainda no mesmo bairro, a polícia foi informada que um homem e uma mulher, identificados como Rose Mary Guimaraes e Renato Marcelino da Silva, também deram entrada baleados no Heat, mas as vítimas foram medicados e tiveram alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + oito =