‘Itacoatiara Big Wave’ acontece em Niterói até setembro

A praia de Itacoatiara, em Niterói, está recebendo mais uma edição do Itacoatiara Big Wave (IBW), mas pela primeira vez o evento acontece com ondas grandes na modalidade remada. A competição é aberta a surfistas homens ou mulheres do Brasil ou exterior e não tem taxa de inscrição. A janela de competição vai até o dia 30 de setembro, que é a data limite para os surfistas enviarem seus vídeos. O vencedor terá direito a uma vaga na próxima edição do IBW, que será presencial.

De acordo como surfista Alexey Wanick, presidente da Associação de Surf de Ondas Grande e Tow-In de Niterói e um dos organizadores do projeto, “os atletas vão até a praia de Itacoatiara, registram as ondas que eles surfaram e enviam esse vídeo para a competição. No final da janela, em setembro, essas ondas são julgadas e e quem tiver as maiores notas vence”.

Na primeira etapa os competidores devem registrar suas manobras diariamente das 6h às 10h, e enviar com identificação do atleta, cinegrafista, data da onda, em anexo deve estar o resultado negativo do exame para Covid-19.

Na segunda etapa, que acontece entre 01/10 e 05/10, cada atleta escolherá 10 ondas para serem julgadas.

A rede social do IBW divulgou um protocolo sanitário para os atletas que desejam participar da competição. O surfista deverá realizar o teste PCR ou Antígeno em até 48h antes do momento em que filmaram suas ondas. O teste deve ser repetido a cada 7 dias durante o período da competição.

Além de garantir a vaga na próxima edição do IBW, que será presencial, o primeiro lugar na competição vai garantir R$ 20 mil mais R$ 5 mil para o cinegrafista.

O segundo lugar leva R$ 15 mil e o cinegrafista R$ 3 mil. Já o atleta que ficar em terceiro lugar fatura R$ 5 mil e seu cinegrafista R$ 2 mil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.