Islândia aguarda ansiosa o encontro com Messi

Perto de fazer sua estreia em copas, a seleção da Islândia encara logo de cara a Argentina de Messi em seu primeiro jogo no torneio. Apesar de ter um recente histórico bom em torneios internacionais, após chegar às quartas de finais na Eurocopa de 2016 e se classificar em primeiro do grupo nas eliminatórias, os islandeses admitem a ansiedade para estrear.

Hodor Magnusso, um dos mais novos da seleção acha que a sensação é positiva para o time.

“Estamos roendo as unhas de ansiedade nos últimos dias. Acho que é assim que tem que ser. Há uma grande motivação em todo o grupo no momento, e vai ser ainda maior quando chegarmos a Moscou. A expectativa aumenta a cada minuto. Mas estamos tranquilos”.

Entre os mais velhos do elenco, mesmo com a ansiedade, o fato do time ter jogado partidas importantes nos últimos anos, com alto grau de pressão envolvido ajuda para que a concentração seja mantida. Hallfredsson, destaca a motivação em partidas como essa.

“Você começa a sentir o frio na barriga que acontece antes de todos os jogos. Vai virar realidade quando chegarmos em Moscou. Vamos treinar no estádio amanhã e sentir que está chegando o dia. Mas jogamos várias partidas de alto nível. Vai ser como todos os jogos importantes que já jogamos. Nosso grupo vai manter o nível de motivação”, disse o jogador de 33 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *