Instituto Butantan adia o envio dos resultados de testes da CoronaVac para Anvisa

Foi adiado para o dia 23 por parte do Instituto Butantan o envio do resultado dos testes da vacina CoronaVac no Brasil para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A previsão inicial era de que os documentos fossem enviados até esta terça-feira (dia 15). O Instituto Butantan produz a vacina em parceria como laboratório chinês Sinovac. Ainda não há informações sobre os motivos da alteração da data de entrega do resultado dios testes.

A CoronaVac está na terceira fase de testes, estágio em que a eficácia precisa ser comprovada antes da liberação pela Anvisa. Para que a vacina comece a ser distribuída, é necessário que o Instituto Butantan envie um relatório à Anvisa e que o órgão aprove o uso do imunizante para a população. Na quarta-feira passada o instituto havia iniciado o processo de envase da vacina a partir de da matéria-prima importada da China.

De acordo com o governo paulista, no dia 9 de dezembro começou o processo de envase na fábrica do Butantan, que contará com o reforço de 120 novos profissionais, além dos 245 que normalmente atuam no instituto, que passa a funcionar 24 horas por dia. O governo de São Paulo já recebeu 120 mil doses prontas da CoronaVac, e chegou uma carga de insumos que pode gerar até 1 milhão de doses adicionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 5 =