Instituições de reabilitação discutem o pós-pandemia na deficiência

A reabilitação da pessoa com deficiência no período da pós-pandemia será um dos temas de debate do VII Colóquio dos Centros Especializados de Reabilitação de Niterói, que reúne a Associação Fluminense de Amparo aos Cegos (AFAC), a Pestalozzi e a Associação Fluminense de Reabilitação (AFR). O encontro é gratuito e acontece no dia 25 de novembro, das 8h às 16h, na sede da AFAC, no Fonseca. Para quem quiser assistir o evento on-line, as inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo link coloquiocerniteroi.com.

Ainda por conta da Covid, as vagas para o público presencial já estão reservadas e corresponderão a 50% da capacidade do auditório da AFAC, que é de 60 pessoas. O colóquio também será gravado e ficará disponível na página da associação no YouTube: https://youtu.be/hdMA0_Btrz0. O tema deste ano será “Os Desafios da Rede RCPD: Construções e Reconstruções dos Cuidados à Pessoa com Deficiência”. Além da discussão sobre os efeitos da pandemia, haverá ainda debates sobre os parâmetros assistenciais e o uso medicinal do canabidiol.

“Este é um evento que organizamos anualmente, pois a rede de cuidados da saúde da pessoa com deficiência, a chamada RCPD, precisa de uma discussão permanente. Entretanto, a pandemia transformou esse tipo de debate em algo ainda mais importante, uma vez que as pessoas com deficiência são mais vulneráveis à doença. Como o colóquio é aberto ao público, também é uma forma de todos verem como essas instituições estão atuando nesse momento”, diz a presidente da Afac, Kátia Pires.

Como as três entidades são certificadas pelo Ministério da Saúde, o colóquio reunirá ainda representantes da prefeitura de Niterói e dos governos estadual e federal. A AFAC fica na Rua Padre Leandro, 18, Ponto Cem Réis, Fonseca. Informações pelos telefones (21) 2717-2822 / (21) 2722-4898 / (21) 3617-2851 / (21) 99821-8622, das 8h às 17h, de segunda-feira a sexta-feira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =