Indicador síntese de Niterói, cai, mas cidade permanece no amarelo nível II

O secretário de saúde, Rodrigo Oliveira, informou hoje (26) que o indicador síntese da Covid-19 na cidade caiu para 7. Na última avaliação divulgada, no dia 11 de agosto, o indicador estava em 8,5. O município ainda está no alerta máximo do estágio amarelo nível II.

“Isso reflete todo o esforço da prefeitura e a consciência do cidadão de Niteroi. Mas precisamos continuar nos cuidando porque temos uma variante em circulação e não podemos abrir mão dos protocolos de prevenção”, disse.

Niterói inicia amanhã (27) a aplicação da terceira dose no idosos que estão nas Instituições de Longa Permanência. Serão 10 dias dessa vacinação em reforço. Nos próximos dias o calendário dessa aplicação será divulgado.

Em setembro será aberta a vacinação de reforço para a população geral.

O secretário lembrou que a partir de 15 de setembro vai começar a aplicação das doses antecipadas da Pfizer e da Astrazeneca, porque é quando o Ministério começará a enviar as doses suficientes para que essa antecipção ocorra.

AUXILIOS SOCIAIS OFERECIDOS POR NITERÓI

Até julho deste ano, a cidade já pagou mais de R$1 bi para as mais de 50 mil famílias mais vulneráveis, que ficaram desempregadas, e para as categorias profissionais que foram mais afetadas pelo momento da pandemia.

“Além das famílias que compõem o Cadastro Único de programas sociais, também as famílias que têm filhos matriculados na rede pública municipal de educação, categorias profissionais do programa Busca Ativa e os Microempreendedores individuais, foram atendidos por esse benefício”.

Ellen lembrou que esses programas foram estendidos mais uma vez em julho deste ano. Os contemplados são todos aqueles que estão cadastrados no Cadastro Único de programas sociais.

PROGRAMA SUPERA MAIS ÁGIL VAI DISPONIBILIZAAR R$ 11MILHÕES EM CRÉDITO

A secretária de Fazenda Marília Ortiz anunciou a continuidade do programa Supera Mais.

“A nova versão do programa, que estamos chamando de Supera Mais Ágil que tem a prerrogativa de liberar, em até 20 dias, o crédito para as empresas que aderirem a esse novo lote”, disse.

As empresas que tiverem interesse em aderir ao programa, devem se inscrever, até o dia 6 de setembro, no site da Secretaria de Fazenda.

A preferência do programa é para micro e pequenas empresas que tenham o faturamento anual de R$ 1mi.

“Estamos dando preferência as empresas menores que necessitam de recurso para se reerguer nesse momento”, disse a secretária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 6 =