Inaugurado, Parque Rural de Niterói vai oferecer equoterapia gratuita

Alan Bittencourt

Uma obra esperada há mais de 40 anos enfim foi entregue à população. O prefeito Rodrigo Neves inaugurou o Parque Rural de Niterói, que possui a maior pista coberta para atividades equestres do Estado do Rio de Janeiro. No local, haverá atividades esportivas, culturais, sociais, ambientais e educacionais. O grande destaque será a equoterapia, que será disponibilizada de forma gratuita.

O Parque Rural está localizado em uma área de aproximadamente 10 mil metros quadrados no Engenho do Mato, na Região Oceânica. O prefeito destacou a importância do equipamento para o bairro.

“O Engenho do Mato é um bairro com características próprias, e esta obra preserva essas características. É um bairro rural. Tenho certeza que será o melhor parque rural do Estado do Rio de Janeiro”, disse.

O projeto da equoterapia será um grande diferencial no local.

“A população de Niterói ganha esse projeto de equoterapia de graça, numa parceria com a Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal Fluminense (UFF)”, declarou.

Aproveitando a vocação rural do bairro, o Parque Rural irá revitalizar a economia local.

“O Parque Rural será âncora para o desenvolvimento de pousadas e restaurantes, estimulando investimentos e negócios e gerando assim emprego e renda. Sem falar no desenvolvimento sustentável do Engenho do Mato”, afirmou Rodrigo.


O local possui uma estrutura com quadra poliesportiva, academia para terceira idade, cantina, auditório, brinquedos, escritórios, além de um espaço destinado à sede do Clube do Cavalo. O investimento do município foi de R$ 5,7 milhões. O projeto foi discutido com os moradores do Engenho do Mato.

“O Parque iria virar um campo de futebol, mas os moradores se uniram para evitar que isso acontecesse. Cada região tem suas necessidades, e aqui não era um campo de futebol. O Parque Rural é uma vitória de todos nós”, disse a presidente do Parque Rural e da Associação de Moradores do Engenho do Mato, Simone Siqueira.

Segundo Simone, o parque, futuramente, vai oferecer cursos técnicos. Um que já está confirmado é o de auxiliar de veterinária. Além da equoterapia, o Parque Rural desenvolverá atividades para pessoas com deficiência. Haverá ainda projetos ligados ao meio ambiente, eventos, shows, feiras com incentivo ao comércio local e castração animal. O Parque Rural será administrado pela Organização Social Contat-to.

Carlos Lamparão, coordenador dos haras da região, integrante do Clube de Cavalo e morador do bairro, destacou a importância do projeto.

“Este é um sonho antigo que estamos conseguindo realizar. Esta iniciativa será muito importante para os moradores do bairro, criadores de cavalo e haras da região. Será fundamental podermos preservar esta característica rural do Engenho do Mato, que agora terá uma grande referência com a abertura do Parque”, disse.

Moradora do Engenho do Mato há quatro anos, Lívia Almeida, 20, é mãe do pequeno João Vitor, 4, que frequenta as aulas de equoterapia ministradas por um dos haras da região, e não escondia a satisfação com a abertura do novo espaço.

“Meu filho tem encefalopatia e desde que começou com a equoterapia tem tido muitos progressos, inclusive na questão do equilíbrio. Este espaço, com certeza, é muito importante e trará muitos benefícios para todos. Sem dúvida, é uma grande conquista”, pontuou.

Infraestrutura

Rodrigo Neves afirmou ainda que o Engenho do Mato ganhará obras de infraestrutura.

“O edital está em licitação e os recursos para a obra já estão reservados. Espero que o Tribunal de Contas do Estado libere o edital. Não poderia concluir meus dois mandatos sem essa obra para a região”, disse o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 11 =