Impasse ‘fecha’ delegacia em Niterói

Tylane Renor

Durante o final de semana, uma das principais delegacias de Niterói não realizou registros de ocorrências policiais devido a falta de energia elétrica. Segundo policiais, a escuridão se deu por causa da queima de um transformador. Os moradores que chegavam à delegacia buscando registrar ocorrências eram encaminhados a outras unidades. A questão “de quem é a culpa?” se perpetuou até o momento, enquanto a distrital continuava sem luz.

Ainda segundo os policiais, a Enel, concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica, teria sido acionada para a substituição da peça defeituosa. Porém, a concessionária teria alegado que a troca não seria realizada por falta de equipamentos específicos e que a manutenção acontecerá no inicio desta semana.

Enquanto o problema não é resolvido, a Polícia Civil está aconselhando quem precisa dos serviços policiais a realizar os boletins de ocorrência pela internet ou se encaminhar a outras unidades. A delegacia do Fonseca (78ª DP) ficou responsável pelo registo de flagrantes.

Oficialmente, a Enel Distribuição Rio disse, em nota, que o problema que causou a falta de energia é resultado de um defeito na rede interna, o que se torna responsabilidade do próprio cliente.

“A empresa esclarece que, de acordo com a regulação, o reparo do defeito interno é de responsabilidade do cliente. A distribuidora acrescenta que ainda assim ofereceu os serviços da empresa de soluções em energia do Grupo para verificar a situação da rede interna do cliente”, diz a nota.

Foto: Paulo Bittencourt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *