Imóveis pela internet atraem compradores

O Sindicato da Habitação do Rio de Janeiro (Secovi-RJ) aposta no positivismo para o mercado imobiliário no Rio de Janeiro em 2018. E essa aquisição deverá ser feita através da internet, já que o levantamento apontou que 97% das pessoas que não encontraram um imóvel em 2017 por meio de sites continuarão as buscas neste ano. A crise econômica que se fortaleceu em 2017 deve favorecer a queda nos preços dos imóveis nesse ano. Niterói, segundo o Índice FipeZap, que acompanha esses valores, está em quarto lugar entre 20 cidades do Brasil com o maior preço de venda. O metro quadrado custa R$ 7.225, ficando atrás do Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, que têm os seguintes valores: R$ 9.811, R$ 8.745 e R$ 8.238, respectivamente.

Ainda segundo o índice, a locação na cidade teve recuo de 7,2% no comparativo de dezembro de 2016 e 2017. Individualmente, 13 das 20 cidades pesquisadas apresentaram recuo nominal no preço de venda no último ano, com destaque para Rio de Janeiro -4,45% e Niterói -3,43%. Já os dados do Secovi Rio apontam que de 2012 a 2017, o aumento da oferta de imóveis no Rio de Janeiro foi bastante expressivo, chegando a 123% para venda e 512% para locação. “Com a crise, mais imóveis ficaram disponíveis e os preços começaram a baixar. Agora, vivemos um período de recuperação econômica que, apesar de lenta, nos faz crer que o mercado deve dar uma melhorada em 2018”, comentou o vice-presidente do Secovi Rio, Leonardo Schneider.

A niteroiense Luana Silva, de 32 anos, explicou que sonha esse ano conseguir comprar o seu apartamento próprio. Ela paga R$ 800 de aluguel para morar junto com o marido na região de Pendotiba, em Niterói.

“Fizemos as contas e talvez a gente consiga uma prestação um pouco mais desse valor e pagando o que será nosso. Esperamos essa crise passar para finalmente dar esse passo importante. E vamos continuar procurando nos sites, tratar diretamente com o proprietário é mais vantajoso, já que as imobiliárias ganham comissão em cima das vendas”, pontuou a dona de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + dezoito =