Igreja Porciúncula de Sant’ana em fase final de reforma

Anderson Carvalho –

Quem passa pela Avenida Roberto Silveira, em frente ao Campo de São Bento, em Icaraí, nota uma novidade na fachada da Igreja Porciúncula de Sant’ana. O dourado que havia no frontal do prédio, na parte de cima e acima da porta de entrada, deu lugar a um cinza escuro. O dourado existe agora somente em um detalhe sobre uma janela do meio, na parte da frente. A pintura da igreja faz parte de uma reforma iniciada há dois meses, com previsão de ser concluída na segunda quinzena de abril.

“A obra foi custeada com a colaboração dos dizimistas e dos benfeitores, cerca de setecentos fiéis. A parte da frente e as laterais já foram pintadas e resta apenas a parte de trás. Também colocamos corrimão de ferro na porta de entrada da igreja e retocamos os rebocos na parte de baixo e na de cima, logo abaixo do telhado, a eira e a beira. Estava tudo quebrado. Além disso, os quatro sinos foram lixados e receberam pintura em bronze. Eles se desgastaram com a maresia e o tempo. Levamos dois anos para conseguir arrecadar as doações para financiar a reforma”, conta o Frei Sérgio Sebastian Pagan.

A pedra fundamental da igreja foi lançada em 1º de agosto de 1954. O projeto data de 1949. O estilo arquitetônico predominante é colonial português, embora os arcos ao redor do jardim de inverno sejam do estilo romano. Os quatro sinos, de aço, foram encomendados na Alemanha em 1955 e chegaram dois anos depois, sendo inaugurados em 8 de janeiro de 1961. No dia 11 de junho daquele ano, o templo foi inaugurado. Este é dedicado a São Francisco de Assis, o protetor dos animais. Todo ano, no dia 4 de outubro, dia dedicado ao santo, animais são abençoados na igreja. O pároco e guardião é frei Salésio Lourenço Hilleshein.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *