Idoso é atingido por bala perdida no Jockey, São Gonçalo

Um idoso de 82 anos foi baleado, na tarde de terça-feira (16), no bairro do Jockey, em São Gonçalo. No mesmo horário, houve confronto armado entre policiais militares do 7º BPM (São Gonçalo) e criminosos, na mesma localidade.

De acordo com informações da corporação, a vítima foi encontrada ferida, com um tiro no braço, e socorrida ao Hospital Estadual Alberto Torres (Heal), no Colubandê. Na unidade de saúde, o idoso recebeu atendimento e, na sequência, foi liberado pelos médicos.

Ainda de acordo com a PM, naquele mesmo horário, militares do batalhão da cidade estavam patrulhamento pelo bairro Jóquei, quando se depararam com a movimentação de suspeitos armados e ocorreu confronto no local. Após cessarem os tiros, um homem foi localizado ferido e houve apreensão de uma pistola calibre 9 mm, munições, 152 pinos de cocaína e 261 papelotes de maconha.

O socorro também foi feito ao Hospital Estadual Alberto Torres, onde o suspeito ficou custodiado. Ainda de acordo com a PM, após denúncias, um segundo acusado foi localizado e detido, sendo apreendidos três simulacros de arma de fogo, um carregador de fuzil, munições e roupas camufladas.

A ocorrência foi registrada pela 73ª DP (Neves), central de flagrantes da região. O suspeito detido foi conduzido para a distrital e, sem seguida, encaminhado so sistema prisional. O material apreendido também foi levado à delegacia.

Casos comuns

Casos de idosos sendo atingidos por balas perdidas de São Gonçalo não são incomuns. Um homem de 68 anos foi baleado no braço, na tarde do dia 10 de março, dentro de casa no bairro do Engenho Pequeno. A vítima também é amputada de uma perna. Após ser atingido, ele foi socorrido ao Heat, onde foi atendido na Emergência. Não há informações sobre a origem do tiro que atingiu a vítima.

O Jockey também teve registro recente de caso de bala perdida. No último dia 13, uma pessoa foi baleada na localidade. Ela também foi socorrida ao Heat, onde recebeu atendimento. A 74ª DP (Alcântara) investiga de onde partiu o disparo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =