Idoso baleado em tiroteio no Salgueiro continua em estado grave

Permanece em estado grave o idoso João Carlos, de 65 anos, baleado nessa terça-feira (28), durante troca de tiros entre policiais civis e criminosos, na região de Itaúna, dentro do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. A corporação se pronunciou sobre o caso e afirmou que os disparos que atingiram o idoso e outro inocente partiram das armas de traficantes.

Também continua internado o comerciante identificado como Renato. Ele foi baleado de raspão no pescoço e está fora de perigo. João foi socorrido ao Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), enquanto Renato foi levado ao Pronto Socorro Central de São Gonçalo, no bairro do Zé Garoto. Investigação foi aberta para apurar em que circunstâncias eles foram feridos.

Segundo a Polícia Civil, agentes da 72ª DP, (São Gonçalo), da 73ª DP (Neves), e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) realizaram uma ação na BR-101, nessa terça-feira, para reprimir roubos de carga na região. Os policiais afirmam terem abordaram um veículo de procedência suspeita, ocupado por dois criminosos. No momento da abordagem, os criminosos fugiram para a comunidade do Salgueiro.

No local, os policiais alegam terem sido recebidos a tiros por criminosos da região. Os acusados foram presos e um deles baleado. Dois inocentes que passavam pelo local (João e Renato) foram feridos. Segundo a Polícia Civil, testemunhas disseram, em depoimento, que que somente os traficantes atiraram contra as vítimas. Ainda de acordo com a Civil, as testemunhas também afirmaram que os inocentes feridos “estavam atrás da linha dos policiais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 2 =