Idosa desaparecida: localização de celular é rastreada no Centro do Rio

Familiares da idosa Sandra Santos, de 61 anos, desaparecida desde o último sábado (13), continuam em busca de pistas que possam levar ao paradeiro dela. A novidade mais recente é que, de acordo com o filho dela, Diego Azeredo, foi possível rastrear a localização mais recente do celular dela, por meio de sistema GPS.

Após, na terça-feira (16), algumas redes sociais dela ficarem online, Diego descobriu que a localização do aparelho apontava para o Parque Olímpico Shopping Center, localizado no Centro do Rio de Janeiro, próximo à sede do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). No entanto, a idosa ainda não se comunicou com a família.

Na manhã desta quarta-feira (17), Diego esteve na sede da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG). O caso será investigado pelo Setor de Descoberta de Paradeiros (SDP) da especializada. Quem tiver informações que ajudem a localizar Sandra pode entrar em contato com Diego pelo telefone (21) 98958-8888 ou pelo Disque Denúncia em (21) 2253-1177.

Recordando

Sandra é moradora da comunidade do Preventório, em Charitas, Zona Sul de Niterói. Ela saiu de casa na manhã de sábado, por volta das 6h, sem dizer aonde iria. O filho dela suspeita de um encontro marcado via aplicativo de relacionamento. Quem avisou Diego do desaparecimento foi o pai dele, ex-marido de Sandra, que mora em um imóvel no mesmo terreno.

“Minha mãe mora no Preventório e eu no Largo da Batalha. Última vez que ela mandou mensagem foi no sábado, por volta de 6h. Meu pai a viu saindo e, desde então, não conseguimos mais ter contato com ela. Ela não disse onde ia. Acredito que ela tenha marcado um encontro. Na segunda registrei o caso na 79ª DP, já procuramos nos hospitais e nada”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 2 =