Ícones do Progressivo se apresentam no Municipal

Wellington Serrano –

Para aqueles de se esbaldaram com o Rock in Rio, e ficaram com o gostinho de quero mais, na próxima semana Niterói vai receber um show do gênero que promete surpreender admiradores em geral. Dentro da programação do Teatro Municipal de Niterói, a banda niteroiense Ícones do Progressivo leva ao palco na quinta-feira (24), às 19h, um show com músicas sensacionais dos grandes grupos progressivos em arranjos instrumentais a preços populares.

A banda formada em 2014 por Elcio Cáfaro (baterista), Luiz Zamith, (guitarrista), Paulo Menezes (baixista), Paulo Teles (flauta e sax), Roberto Ovalle (tecladista) apresentam releituras no formato instrumental de obras emblemáticas do rock progressivo, compostas e interpretadas por grupos ícones como Camel, Emerson Lake & Palmer, Focus, Genesis, Jethro Tull, Premiata Forneria Marconi e Yes, entre outros.

Segundo o guitarrista Luiz Zamith, de 55 anos, o principal objetivo do Ícones do Progressivo é mostrar a contemporaneidade e vigor das idéias e concepções musicais deste diversificado e influente gênero musical mesmo com o passar do tempo.

“Temos a convicção de que muitas das músicas compostas pelos grupos ícones são atemporais, estão imortalizadas e serão tocadas por muito tempo, da mesma forma que as músicas dos grandes mestres Bach, Beethoven, Vivaldi, Villa Lobos e tantos outros. Independente da poesia expressa nas letras, a riqueza das composições permite que possamos tocá-las no formato instrumental, realçando melodias, harmonias, seção rítmica e a riqueza e genialidade dos arranjos”, disse.

O tecladista Ovalle disse que o público pode esperar ouvir muitos clássicos do progressivo. “Essa é uma oportunidade para o público ter a oportunidade de contato com a riqueza deste universo sonoro. Para isto convidamos o público apreciador do gênero a levar amigos e familiares de todas as idades que não conhecem estas músicas, pois queremos contribuir com a formação de novas plateias para o progressivo”, convidou.

HISTÓRIA — A estréia do Ícones do Progressivo ocorreu no dia 26 de fevereiro de 2015, numa apresentação no Teatro Henriqueta Brieba. O projeto deu tão certo que, quatro meses após, houve outra apresentação no Teatro Odylo Costa Filho da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) para mais um show. “Fomos convidados também para fechar o Festival Interuniversitário de Cultura, que teve um bom público. Outras apresentações ocorreram também no Teatro Municipal Ziembinski em 2016 e no Teatro Solar de Botafogo entre
2016 e 2018”, finalizou Zamith.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *