Humor, ficção e absurdos chegam aos cinemas

Luiz Antonio Mello

Várias pesquisas mostram que o brasileiro adoraria ir ao cinema pelo menos uma vez por semana, mas, para isso, ele teria que meter a mão no bolso e tirar, pelo menos, uns R$ 320,00 por mês.

Em média, o ingresso custa R$ 40,00, pipoca e refrigerante vamos colocar uns R$ 20,00, transporte por aplicativo depois das 10 da noite (os ônibus somem) mais uns R$ 20,00. Total, R$ 80,00 reais. Vezes quatro, R$ 320,00.

Ou seja, a ganância das salas de cinemas está chutando o público para fora dos cinemas e colocando no colo dos canais de streaming como Netflix e Amazon Prime, que cobram 10 vezes menos.

Tudo bem que nada se compara a imagem da telona, ao áudio, ao ambiente, ar condicionado de uma sala feita para a exibição de filmes, mas a facada no bolso tem falado mais alto e, com razão, o consumidor está sumindo. Tem gente esperando até “Top Gun Maverick” chegar ao streaming, mesmo sabendo que o filme foi pensado, escrito, produzido e dirigido para a tela grande dos cinemas.

Enfim, quem puder ir ao cinema as exibições da semana estão boas.

Carro Rei

Uno tem o dom extraordinário de se comunicar com carros. Diante de uma lei que proíbe a circulação de automóveis antigos, o que coloca em risco a empresa de táxi de seu pai, ele vai buscar orientação de seu melhor amigo: um carro que possui inteligência sem igual.

Direção: Renata Pinheiro

Elenco: Matheus Nachtergaele, Okado do Canal, Jules Elting

Gênero: Ficção Científica

Classificação: Livre

Má sorte no sexo ou pornô acidental

A Jangada de Welles

O documentário conta a história de Manuel Jacaré, líder da jangada São Pedro que saiu em 1941 de Fortaleza (Ceará) com destino ao Rio de Janeiro (RJ) para apresentar uma série de reivindicações dos pescadores da região a Getúlio Vargas, ditador durante o Estado Novo.

Em 1942, o célebre diretor de ‘Cidadão Kane’ (1941), Orson Welles, veio ao Brasil para fazer um filme sobre a empreitada revolucionária de 2500km pelo mar em 61 dias. No entanto, durante as filmagens, Manuel Jacaré caiu da jangada e seu corpo desapareceu, motivo pelo qual ‘It’s All True’ nunca foi concluído.

‘A Jangada de Welles’ é um filme sobre histórias silenciadas, luta por direitos trabalhistas e conservação de territórios e práticas tradicionais.

Direção: Firmino Holanda e Petrus Cariry

Gênero: Documentário

Classificação: 12 anos

Tudo em todo lugar ao mesmo tempo

O filme acompanha uma imigrante chinesa (Michelle Yeoh) que parte rumo a uma aventura onde, sozinha, precisará salvar o mundo, explorando outros universos e outras vidas que poderia ter vivido. Contudo, as coisas se complicam quando ela fica presa nessa infinidade de possibilidades sem conseguir retornar para casa.

Direção: Daniel Scheinert, Daniel Kwan

Elenco: Michelle Yeoh, Ke Huy Quan, Jamie Lee Curtis

Gênero: Ficção Científica/Ação/Comédia

Classificação: 14 anos

O Truque da galinha

Quando um truque de mágica dá errado na festa de aniversário de uma criança, o autoritário pai da família se transforma em uma galinha.

Uma avalanche de coincidências absurdas recaí sobre todos. A mãe, cuja vida foi dedicada ao marido e aos filhos, precisa tomar as rédeas e cuidar de sua família. Enquanto move céu e terra para trazer seu marido de volta e garantir sua sobrevivência, ela passa por uma transformação total.

Direção: Omar El Zohairy

Elenco: Ben Attal, Suzanne Jouannet, Charlotte Gainsbourg, Mathieu Kassovitz, Pierre Arditi, Audrey Dana, Benjamin Lavemhe, Judith Chemla, Camille Razat.

Gênero: Drama/Comédia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.