Hospital de Niterói ganha certificação de padrão internacional

O Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) recebeu uma nova certificação de qualidade e segurança assistencial. A unidade ganhou o selo Accreditation Canada International (ACI), no Programa QMENTUM Global. Com a conquista, o CHN passa a integrar o grupo de cinco hospitais privados no estado do Rio de Janeiro certificados pela entidade, e o primeiro das regiões Norte e Leste Fluminense.

Após atingir por duas vezes o nível máximo da Acreditação em Excelência em Gestão, Nível 3, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), o hospital lançou-se em um desafio ainda maior: endossando a preocupação permanente com o paciente, comprometeu-se a alcançar a exigência dos padrões internacionais de assistência e segurança. “Por meio da acreditação canadense, as práticas de gestão e de assistência se tornam ainda mais seguras para os pacientes. A acreditação é focada na integralidade do cuidado com o paciente, em que precisamos rever os métodos em sua totalidade, desde a administração de medicamentos, a higienização das mãos e protocolos de cirurgia segura até incentivo à notificação e investigação de eventos adversos, prevenção de tromboembolismo venoso e outros procedimentos. Conquistar esse reconhecimento internacional foi uma das etapas de nosso projeto de expansão, pois entendemos a necessidade de crescimento de forma cada vez mais segura e humanizada”, destacou Ilza Boeira Fellows, diretora-geral do CHN.

De acordo com Alessandra Ladain, coordenadora da Qualidade do CHN, o QMENTUM Global avalia a maturidade dos processos que envolvem todas as etapas que levam a um cuidado mais seguro para os pacientes – não só as etapas assistenciais, mas os serviços de apoio, como a tecnologia da informação e a engenharia clínica, por exemplo. “Para uma unidade de saúde obter a certificação canadense são avaliadas práticas de segurança, as chamadas Required Organizational Pratices (ROPs), como: Segurança na Utilização de Medicamentos; Identificação do Paciente; Segurança na Assistência Cirúrgica; Papel da Família na Segurança do Paciente, entre outros, totalizando 31 ROPs que são verificadas pela delegação canadense”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =