Abertura do Hospital de Campanha de São Gonçalo volta ser adiada

A abertura do Hospital de Campanha de São Gonçalo acumulou mais um atraso. A unidade seria entregue nessa quinta-feira (28), mas devido ao trabalho de troca do piso, o cronograma foi mais uma vez alterado. O hospital estava inicialmente previsto para ser entregue, com apenas dez leitos para pacientes da Covid-19, dos 200 leitos, sendo 80 de terapia intensiva (UTI), anunciados anteriormente.

Nos últimos dois dias as prefeituras de Niterói e Maricá informaram que só repassariam recursos na ordem de R$ 90 milhões para a unidade, se o governo do estado apresentasse um estudo detalhado para execução dos serviços. Localizado no Clube Mauá, seria o quarto hospital de campanha estadual para suprir a demanda por leitos.

Foram abertas até agora apenas as unidades da Lagoa-Barra, Parque dos Atletas e Maracanã. A Organização Social Iabas foi a responsável por montar a estrutura e irá gerir o hospital. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, o hospital de Nova Iguaçu deve ser inaugurado nessa sexta-feira (29). As próximas inaugurações devem ocorrer em junho: Duque de Caxias (1º), Nova Friburgo (7), Campos dos Goytacazes (12) e Casimiro de Abreu (18). Os contratos de instalação de hospitais de campanha estão sendo investigados pela Polícia Federal, por suspeitas de fraudes.

O ex-subsecretário de Saúde, Gabriell Neves, foi preso há alguns dias. Nesta semana, policiais federais cumpriram mandados de busca na casa do governador Wilson Witzel, que nega qualquer participação em esquema fraudes.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 17 =