Homem resgatado após ser amarrado a um poste para ser linchado em São Gonçalo

Policiais militares conseguiram resgatar, na tarde de segunda-feira (27), um homem, de 61 anos, que estava amarrado a um poste e sendo agredido. O fato ocorreu, na Rua Safira, no bairro Jardim Catarina e foi registrado na 74ª DP (Alcântara), que busca identificar os agressores.

A polícia apurou ainda que o homem foi amarrado por moradores da comunidade e também criminosos ligados ao tráfico na localidade. Os agentes apuraram que uma criança, de 9 anos, teria revelado para mãe que o home, que não teve a identificação revelada, teria abaixado as calças e mostrado o órgão genital para a menina.

O homem afirmou que foi mantido como refém por cerca de duas horas antes de ser amarrado ao poste, entre às 15 e 17h30m. Criminosos da facção Comando Vermelho passaram então a ameaçá-lo de morte, pouco antes da chegada da polícia. O fato teria ocorrido no último sábado (25), no momento em que o homem que foi agredido estava embriagado.

De acordo com a 74ª DP, ele foi autuado por prática de ato libidinoso e responderá a processo em liberdade. A pena, em caso de condenação é de até quatro anos de prisão. O titular da 74ª DP, delegado Edézio Ramos, afirmou que sua equipe está agora tentando identificar as pessoas envolvidas na tentativa de linchamento.

Em outra ocorrência estarrecedora, traficantes da comunidade do Pombal, no bairro Porto Novo, também em São Gonçalo, agrediram, na tarde de segunda-feira (27), um homem identificado como Paulo Henrique da Silva Faria, de 23 anos, ao tomarem conhecimento que este havia assassinado a própria mãe, Paula Valéria da Silva Faria, de 40 anos.

Após o crime, os traficantes da área reprovaram a ação e espancaram o homem, que foi localizado, preso e autuado na Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). A vítima, segundo a polícia teria sido morta a facadas, crime que estarreceu os moradores. Em seguida a polícia informou que traficantes capturaram Paulo Henrique, que foi amarrado e espancado. As circunstâncias do crime estão sendo apuradas pela DH.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 3 =