‘Homem que copiava’ é preso em Niterói

No filme “O Homem que Copiava”, do diretor Jorge Furtado, lançado em 2003, o ator Lázaro Ramos deu vida a um homem que passou a ganhar a vida por meio de cédulas falsas. No entanto, este tipo de prática não se restringe à ficção. Em Niterói, um suspeito de envolvimento em atividades do tipo foi preso em flagrante, no final da tarde dessa quinta-feira (28).

De acordo com informações da Polícia Federal (PF), agentes prenderam em flagrante, um homem portando uma nota falsa de R$ 100. Não foi revelado o bairro onde aconteceu a ação.

Segundo a corporação, o preso vinha sendo investigado em cinco outros procedimentos por causar um derramamento de cédulas falsas em Niterói, através da compra de celulares e notebooks anunciados em um site de compra e venda online.

O indiciado foi reconhecido por três vítimas como autor dos crimes e responderá pelos crimes previstos nos artigos 288 e 289 § 1º (5x), ambos do código penal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.